quarta-feira, 21 de junho de 2017

A secretária Ana Claudia desaparece após sair do trabalho para almoçar com a mãe em SP: 'Estamos rezando'

Secretária desapareceu ao sair para almoçar com a mãe em Guarujá, SP (Foto: Arquivo Pessoal)

Mulher de 30 anos é casada e mãe de dois filhos. Polícia tenta localizá-la.


A secretária Ana Claudia Souza dos Santos, de 30 anos, desapareceu após sair do trabalho na hora do almoço, na segunda-feira (19), em Guarujá, no litoral de São Paulo. Não há pistas do paradeiro dela. O caso é apurado pela Delegacia de Investigações Gerais (DIG). Ana Claudia foi vista pela última vez após o meio-dia, por colegas de trabalho. Como fazia normalmente, ela saiu do escritório de advocacia, localizado na Avenida Adhemar de Barros, no bairro Santa Rosa, para almoçar com a mãe, que mora no bairro Enseada. No início da tarde, Ana Claudia não retornou ao escritório. À noite, o marido estranhou a demora dela para chegar em casa, no bairro Jardim Boa Esperança, e tentou contatá-la pelo celular. Ele também falou com a sogra, que afirmou que a filha não havia almoçado com ela. "Todo o trajeto do almoço, e para voltar para casa, ela teria que ter feito com o carro dela. Não sabemos o que aconteceu. Desde então, o telefone fica na caixa postal. Ninguém mais dorme, estamos rezando", relata a irmã, a supervisora Cristiane Souza dos Santos Barreto, de 36 anos.

Secretária desaparecida desde segunda-feira (19) é casada e tem dois filhos. (Foto: Arquivo Pessoal)


Cristiane conta que o veículo de Ana Claudia, um Celta prata, com placa FBS-5468, foi visto na Rodovia Rio-Santos ainda na noite de segunda. "Não informaram se era ela quem estava dirigindo ", afirmou. A secretária tem dois filhos, um de 5 e outro de 3 anos. A irmã da desaparecida também informou que a família conseguiu a quebra do sigilo bancário de Ana Claudia. "Verificamos que não houve movimentação grande nesse período. Também solicitamos a quebra do sigilo telefônico. Acionamos a polícia, para que ela possa ser localizada". Na terça-feira (20), o caso foi registrado na Delegacia Sede de Guarujá, que o encaminhou para a Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Santos. A polícia informou que já iniciou a apuração, mas que ainda não há pistas do paradeiro da secretária. Imagens de câmeras de monitoramento e testemunhas podem ajudar a polícia a descobrir o destino de Ana Claudia. Qualquer informação, mesmo que anônima, pode ser repassada pelo telefone 181. "Estamos esperando que o retorno dela seja positivo", desabafou a irmã.

Bahia: Imagens impressionantes: Motorista filma acidente com vítima fatal na BR-420


Cenas fortes de um acidente mostram um motociclista que tentou fazer uma ultrapassagem, bateu de frente com um veículo modelo Gol e morreu. Antônio Roberto Assis dos Santos dirigia a moto CG, ele seguia da cidade de Itaquara para Jaguaquara, no vale do Jequiriçá na Bahia. “Betinho”, como era conhecido, morava na cidade de Jaguaquara e o motorista do automóvel gol, também de Jaguaquara, não foi identificado. As cenas do acidente foram gravadas por um motorista que seguia logo atrás de Betinho, em determinado momento o autor do vídeo chega dizer: “devagar rapaz”. Depois o que se ouve são as palavras de desespero do cinegrafista amador. Cenas fortes: O acidente aconteceu na tarde desta terça-feira (20) a vítima que morreu após colidir a moto que conduzia contra um carro de passeio na BR-420, o motociclista chegou a ser socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas não resistiu aos ferimentos e morreu ao da entrada na Unidade Hospitalar em Jaguaquara. A equipe médica plantonista desta terça-feira (20) do Hospital Municipal de Jaguaquara – HMJ informou que, o motociclista vítima do acidente ocorrido à tarde na BR-420, Antônio Roberto Assis dos Santos, de 53 anos, já chegou à unidade hospitalar sem sinais vitais. Já a equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU 192, que foi acionada para socorrer o homem no local, disse que os profissionais tentaram reanimá-lo, mas que Antônio não teria resistido aos ferimentos provocados pela colisão da moto Honda CG que pilotava com um carro VW/Gol. O rapaz era servidor de uma escola da rede estadual de ensino, João Pessoa, em Itaquara e retornava para Jaguaquara, onde residia. Antônio Roberto era membro de uma família conhecida na cidade e tem irmãos de professores. Um vídeo feito por um motorista que flagrou o acidente mostra o motociclista tentando uma ultrapassagem a um caminhão, tendo invadido a pista contrária e colidindo com o carro. Fonte: Binho Locutor, Júnior Mascote e Marcos Fram.




Feminicídio na Bahia: A Jovem Layse de 20 anos é morta a tiros após sair do trabalho em Juazeiro

 após sair do trabalho em Juazeiro

Uma jovem de 20 anos foi morta a tiros na cidade de Juazeiro, norte da Bahia. O suspeito do crime é ex-companheiro da vítima, de 38 anos, que não aceitaria o fim do relacionamento, e está foragido. O crime ocorreu na noite de terça-feira (21). Layse dos Santos Silva saía do trabalho a bordo de um mototáxi, quando um homem chegou atirando e ela foi baleada. O Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) foi encaminhado ao local, mas ela morreu durante o atendimento. O mototaxista que levava a vítima também ficou ferido pelos disparos e foi levado a um hospital. O estado de saúde dele é desconhecido. O corpo da jovem foi levado ao Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Juazeiro. De acordo com a Delegacia da Mulher de Juazeiro, no início do ano, a jovem prestou queixa na unidade contra o ex-companheiro, que já tinha tentado matá-la. Na época, ele atirou contra Layse quando ela estava na casa da mãe, mas o disparo não chegou a acertar a jovem. Desde abril, mês em que foi prestada a queixa, estava em vigor uma medida protetiva que proibia o ex-companheiro de se aproximar da jovem. Com informações do G1 Bahia.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google+ Followers