quarta-feira, 24 de maio de 2017

Lula quis saber 'que bicho comeu os marrecos' do sítio de Atibaia


Entre mais de 400 documentos anexados pela Procuradoria da República à nova denúncia contra o ex-presidente Lula, um e-mail apontou a preocupação do petista com os bichos que viviam no sítio de Atibaia, no interior de São Paulo. Lula é acusado de corrupção e lavagem de dinheiro de R$ 1,02 milhão nas reformas da propriedade. Na mensagem de 2 de outubro de 2014, às 17h23, um funcionário do Instituto Lula escreve a uma colega da entidade e a Valmir Moraes da Silva, segurança do petista. O título do e-mail: "Jaguatiricas em Atibaia?" "Respondendo à pergunta do presidente: que bicho comeu os marrecos? Provavelmente, uma jaguatirica", explica o funcionário do Instituto Lula. Ele envia uma reportagem e um vídeo sobre a "ocorrência de jaguatiricas na Serra do Itapetininga" e informações sobre "recomendações para casos de predação de animais". "Liguei nesse número do CENAP/ICMBio e fui muito bem atendido por uma funcionária chamada Lilian. Ela reforçou a hipótese da jaguatirica e ficou de enviar mais informações sobre como prevenir os ataques", conta o funcionário do Instituto Lula. Ele faz 3 sugestões: "1) Recolher os animais no período da noite, se for viável; 2) Cachorro de guarda, que pode espantar a jaguatirica ou, no mínimo, alertar dos ataques latindo; 3) Ficar de tocaia, com ou sem o cachorro, e, ao notar ocorrência de ataque, soltar rojões para assustar o predador". O funcionário afirma que o "Instituto, que fica em Atibaia, parece bem sério e atencioso". "Talvez seja uma boa pedir uma visita deles ao local para orientar melhor o caseiro." A Procuradoria da República, no Paraná, acusa Lula de "estruturar, orientar e comandar esquema ilícito de pagamento de propina em benefício de partidos políticos, políticos e funcionários públicos com a nomeação, enquanto presidente da República, de diretores da Petrobras orientados para a prática de crimes em benefício das empreiteiras Odebrecht e OAS". A denúncia do Ministério Público Federal atribui ao petista "propina para o seu benefício próprio consistente em obras e benfeitorias relativas ao sítio de Atibaia custeadas ocultamente pelas empresas Schahin, Odebrecht e OAS". Como nas outras duas denúncias da força-tarefa, no Paraná, a Procuradoria aponta Lula "como o responsável por comandar uma sofisticada estrutura ilícita para captação de apoio parlamentar, assentada na distribuição de cargos públicos na Administração Pública Federal". A denúncia afirma que o esquema ocorreu nas mais importantes diretorias da Petrobras, mediante a nomeação de Paulo Roberto Costa, Renato Duque e Nestor Cerveró, respectivamente, para as diretorias de Abastecimento, de Serviços e Internacional da estatal. Por meio do esquema, estes diretores geravam recursos que eram repassados para enriquecimento ilícito do ex-presidente, de agentes políticos e das próprias agremiações que participavam do loteamento dos cargos públicos, bem como para campanhas eleitorais movidas por dinheiro criminoso. Também foram denunciados José Adelmário Pinheiro Filho, pela prática dos crimes de corrupção ativa e lavagem de dinheiro; Marcelo Bahia Odebrecht e Agenor Franklin Magalhães Medeiros, pelo crime de corrupção ativa; bem como José Carlos da Costa Marques Bumlai, Rogério Aurélio Pimentel, Emílio Alves Odebrecht, Alexandrino de Salles Ramos de Alencar, Carlos Armando Guedes Paschoal, Emyr Diniz Costa Júnior, Roberto Teixeira, Fernando Bittar e Paulo Roberto Valente Gordilho, acusados da prática do crime de lavagem de dinheiro. Segundo a denúncia, os valores ligados à Odebrecht e à OAS foram repassados a partidos e políticos que davam sustentação ao governo de Lula, especialmente o PT, o PP e o PMDB, bem como aos agentes públicos da Petrobras envolvidos no esquema e aos responsáveis pela distribuição das vantagens ilícitas, em operações de lavagem de dinheiro que tinham como objetivo dissimular a origem criminosa do dinheiro. A força-tarefa aponta que "parte do valor das propinas pagas pela Odebrecht e pela OAS, no valor aproximado de R$ 870 mil, foi lavada mediante a realização de reformas, construção de anexos e outras benfeitorias no Sítio de Atibaia, para adequá-lo às necessidades da família do denunciado Luiz Inácio Lula da Silva, assim como mediante a realização de melhorias na cozinha do referido Sítio e aquisição de mobiliário para tanto". Também foi objeto de lavagem de dinheiro uma parte dos valores de propina oriunda dos crimes de gestão fraudulenta, fraude à licitação e corrupção no contexto da contratação para operação da sonda Vitória 10000 da Schahin pela Petrobras, a qual foi utilizada, por intermédio de José Carlos Bumlai, para a realização de reformas estruturais e de acabamento no Sítio de Atibaia, no valor total de R$ 150.500,00. A denúncia foi elaborada com base em depoimentos, documentos apreendidos, dados bancários e fiscais bem como outras informações colhidas ao longo da investigação, todas disponíveis nos anexos juntados aos autos. "A denúncia apresentada hoje (segunda, 22) pela Força Tarefa da Lava Jato contra Lula mostra uma desesperada tentativa de procuradores da República justificar à sociedade a perseguição imposta ao ex-Presidente nos últimos dois anos, com acusações frívolas e com objetivo de perseguição política. A nota que acompanhou o documento deixa essa situação muito clara ao fazer considerações que são estranhas àárea jurídica e às regras que deveriam orientar a atuação de membros do Ministério Público, como a legalidade e a impessoalidade", diz o advogado Cristiano Zanin Martins, por meio de nota. "A peça buscou dar vida à tese política exposta no PowerPoint de Deltan Dallagnol, para, sem qualquer prova, atribuir a Lula a participação em atos ilícitos, envolvendo a Petrobras, que ele jamais cometeu. Os procuradores reconhecem não ter qualquer prova de que Lula seja o proprietário do sítio, embora tenham repetido esse absurdo por muito tempo em manifestações formais e em entrevistas impropriamente concedidas à imprensa: 'A forma de aquisição da propriedade e seu registro, mediante possíveis atos de ocultação e dissimulação, não são objeto da denúncia'", diz o texto do advogado de Lula. "Mas recorreram a pedalinhos e outros absurdos para sustentar a tese de que Lula seria o beneficiário de obras realizadas no local e que os valores utilizados seriam provenientes de supostos desvios ocorridos em contratos firmados pela Petrobras. A afirmação colide com todos os depoimentos já colhidos em juízo, até a presente data, com a obrigação de dizer a verdade, que afastam o ex-Presidente da prática de qualquer ato ilícito". A Lava Jato age de forma desleal em relação a Lula, com acusações manifestamente improcedentes e com a prática de atos que são ocultados de sua defesa. Hoje (segunda-feira) mesmo, o ex-Senador Delcídio do Amaral reconheceu em depoimento prestado na 13ª Vara Federal Criminal de Curitiba que participou no Mato Grosso de Sul de interrogatório solicitado por autoridades americanas com a participação do Ministério Público Federal e com representantes da Petrobras. O ato, embora relacionado às acusações feitas contra Lula, não havia sido revelado e os documentos correspondentes ainda são desconhecidos". "A falta de justa causa para o recebimento da ação penal proposta nesta data é flagrante e um juiz imparcial jamais poderia recebê-la", finaliza a nota. por Julia Affonso e Ricardo Brandt | Estadão Conteúdo

O PINTINHO MATOU A JARARACA

Operação desarticula quadrilha que participou de roubo em Nordestina e a outras mineradoras na Bahia


Uma das maiores quadrilhas especializadas em roubo a banco no Brasil foi presa na tarde desta quarta-feira (24) durante uma operação integrada realizada pela Força-Tarefa da Secretaria da Segurança Pública da Bahia com a Polícia Militar de Goiás, Polícia Federal, Batalhão de Operações Policiais Militares (BOPE) e a Companhia de Policiamento Tático do 16º Batalhão da Polícia Militar. Segundo informações da SSP, o trio foi surpreendido em um estabelecimento comercial em Alexânia, Goiás, dois dias após assaltar um carro-forte no município de Unaí, em Minas Gerais. Na Bahia, o grupo composto por pernambucanos tem participação direta nos roubos às mineradores de Jacobina e Nordestina, em outubro de 2016 e janeiro deste ano, respectivamente. A quadrilha, que já vinha sendo monitorada pela polícia, ainda cometeu atentados contra instituições financeiras em Bom Jesus da Lapa e Irecê. Com eles, foram apreendidos sete fuzis, duas pistola, além de grande quantidade de munição e mais de R$ 200 mil. A polícia acredita que o dinheiro é fruto da ação ocorrida em Unaí, no início da semana. Entre os presos na tarde de hoje estão Ricardo da Silva Torres, 35 anos, Leandro Henrique da Silva, mais conhecido como Ceará, 36, e Boaventura Medrado de Souza, 47. Eles foram apresentados na sede da Polícia Federal em Goiás. A operação continua na busca por mais integrantes do grupo, inclusive, provenientes aqui da Bahia.


Vergonha! Queridinho de Temer, Rodrigo Loures continuará recebendo salário e auxílio-saúde, mesmo após episódio com mala

Foto: Reprodução / Meio Norte

O deputado afastado Rodrigo Loures (PMDB-PR) irá continuar recebendo salário e assistência saúde da Câmara dos Deputados. É o que a Mesa Diretora da casa legislativa decidiu nesta quarta (24). Além de R$ 33.763 por mês, Loures poderá receber cuidados do departamento médico da Câmara e manterá o plano de saúde dos servidores do legislativo, com todos seus benefícios. Loures é o "Rodrigo" apontado por Temer como a pessoa que poderia fazer a conexão entre a presidência da República e o empresário Joesley Batista, da JBS, no áudio divulgado. Ele também foi flagrado recebendo uma mala que teria R$ 500 mil em propina - e foi devolvida com R$ 35 mil a menos. De acordo com informações do jornal online Folha de S. Paulo, na última semana, o comando da Câmara suspendeu a verba de gabinete e o auxílio moradia do deputado. O parlamentar é assessor pessoal de Temer desde que o presidente assumiu o Planalto.

A DELAÇÃO DA JBS É TUDO ISSO?

  

Grávida e linda, Ivi Pizzott posa de lingerie e fala de afastemento do ‘domingo’: ‘depois eu volto’


Negra gostosa


Prestes a completar dois meses de gestação, a bailarina Ivi Pizzott ainda não está na fase de curtir a barriga. Até porque a gravidez ainda não é aparente. Ela acaba de posar para um catálogo de lingeries e pretende continuar trabalhando como modelo enquanto puder. “Estou começando o pré-natal, sentindo alguns enjôos e sintomas chatinhos da gravidez”, conta ela em seu primeiro ensaio após o anúncio da gravidez. A gravidez não foi planejada. Ela e o namorado, o ator Luis Navarro, foram pegos de surpresa pela notícia. “Não estava preparada, não. Foi uma surpresa total. Mas uma surpresa boa. O melhor presente da minha vida”, avisa ela, que já planeja nomes para o futuro filho ou filha: “Tenho algumas opções, Beatriz e Helena para menina. Artur e Heitor para menino, mas estou aberta a sugestões”. Assim que soube da gravidez, Ivi foi afastada do “Domingão do Faustão”. “Assim que avisei da gravidez, fui afastada. Mas é um procedimento normal, estou há muitos anos no programa, logo que eu cumprir meu período de gestação e pós-gestação, eu volto. Amo meu trabalho”, justifica a dançarina.







Ivi Pizzott: a bailarina faz seu primeiro ensaio após anúncio da gravidez Fotos: Winny Lessa / MF Press Global
Fonte: Extra/Globo

Gostosa irresistível: Bruna Marquezine posta foto de lingerie e enlouquece a web


Atriz exibiu curvas em body com transparência em clique feito pelo fotógrafo André Nicolau


Depois de ter o bumbum elogiado por Fernanda Souza, Bruna Marquezine "causou" ao publicar uma foto de lingerie, em seu Instagram, nesta quarta-feira (24). No clique do fotógrafo André Nicolau, a atriz chamou atenção ao exibir as curvas em um body preto com transparência. Nos comentários, os internautas "enlouqueceram" com a sensualidade da namorada de Neymar. "Tu é destruidora mesmo", elogiou um. "Você está de parabéns, ein. Que lacre", comentou outro. "Muita areia pro caminhãozinho do Neymar", alfinetou um terceiro.



Atriz termina ano sabático em setembro - Depois de ficar um ano afastada das novelas, a atriz tem data para retornar à TV. Com papel de vilã em "Deus Salve o Rei", a artista começará a gravar o folhetim do autor Daniel Adjafre nos próximos meses. "Agora em setembro a gente já começa a preparação para a próxima novela que eu vou fazer. Nem tenho muita coisa para contar e nem sei se posso também. Ela (a personagem) é uma vilã e nunca fiz", adiantou. Namorado de Bruna, Neymar troca mensagem com modelo















Bahia: Garimpo de Sento Sé, fez mais de 3 mil subirem serra em busca de ametistas, diz DNPM


Sento Sé, no Vale do São Francisco


A procura pelas ametistas de Sento Sé, no Vale do São Francisco, já levou mais de três mil pessoas a subir a Serra da Quixaba. O cálculo é do Departamento Nacional de Pesquisas Minerais na Bahia [DNPM/BA]. Segundo o órgão, a procedência dos garimpeiros também é variada. Vem de várias regiões do país atrás do desejo de sair de lá com as pedras preciosas. O DNPM informou que as primeiras ações do departamento em Sento Sé foram diagnosticar a área. Foram feitos registro das “bocas de serviços”, onde as pedras são procuradas, além de entrevistas com os garimpeiros sobre a atividade, a produção e a venda das pedras. Ainda segundo o DNPM, a equipe do órgão, composta pelo superintendente, Raimundo Sobreira, e mais dois técnicos, também prestou esclarecimentos sobre a regularização da atividade e sugeriu ações de suporte para minimizar os efeitos sociais e econômicos da atividade. BN



A descoberta de um novo garimpo de ametista mudou a rotina do pequeno município de Sento Sé (BA), a mais de 280 quilômetros de Campo Formoso, e deu ânimo a muitos garimpeiros que enfrentavam momento difícil. A nova fonte de dinheiro tem atraído muitos garimpeiros de Campo Formoso. O repórter da 98 FM, Marcone Nunes, foi ao local e ouviu a comunidade e os migrantes. “É só alegria, Deus mandou esta benção pra todo mundo, agora é só trabalhar “, disse o garimpeiro de Campo Formoso, Maicon, conhecido como Chapinha.
Confira no áudio: AQUI

Violência na Bahia: Estudante assassinada na cidade de Candeal é sepultada por familiares em Jacobina


O corpo da estudante Lidiane Santos Silva, 24 anos, foi sepultado na noite desta terça-feira, 23 de maio de 2017, no Cemitério Campo Santo na Estrada do Pau Ferro em Jacobina. Lidiane foi encontrada morta com marcas de disparos de arma de fogo no último dia 21, em um matagal no povoado de Curral de Vara, município de Candeal, tendo seu corpo recolhido para o IML de Serrinha. Segundo informações, Lidiane que morava na Malhadinha de Fora em Jacobina, havia deixado sua casa há 30 dias para ir ao encontro de um namorado, não informando o nome do mesmo nem local. Não há informações sobre as circunstâncias e motivação do assassinato da jovem, que estudava no 3° ano do Colégio Deocleciano Barbosa de Castro em Jacobina. Fonte: Augusto Urgente!

Seca na Bahia: Projeto de Irrigação de Ponto Novo, entregue a própria sorte


Com quase vinte anos de implantação do Projeto de Irrigação de Ponto Novo no Norte da Bahia; as famílias reassentadas que foram retiradas da margem do Rio Itapicuru para construção da Barragem de Ponto Novo vivem umas das piores fases da sua história. Além de não poderem produzir porque interromperam a irrigação, até a água para consumo humano está ameaçada; além de ser insuficiente para o consumo diário de cada família, agora a Embasa órgão responsável para distribuir a água quer se eximir dessa responsabilidade. Nem o Poder Público Municipal nem Estadual apontam alternativas para solução desse problema. Enquanto isso, as famílias que já passam dificuldade para garantir alimentação; nem água que é um direito universal conseguem. O que esquecem é que essas pessoas foram retiradas de suas origens para implantação da barragem, existe uma responsabilidade social que não deve ser esquecida. Também não é de estranhar como historicamente essas pessoas foram tratadas pelas lideranças políticas, que ficam brigando pra ver quem vai trazer o delegado pra cidade e não dá importância devida ao projeto. Não que não seja importante a vinda de um delegado, mas, a urgência é garantir a sobrevivência das famílias e manter forte a economia do município. Por: Renato Gonçalves da Silva/Web Interativa
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google+ Followers