sábado, 13 de maio de 2017

Justiça e religião: Fiéis da Assembleia de Deus são condenados a indenizar mulher por fofoca

Foto: Reprodução/ Youtube

A 18ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ) condenou dois fiéis da Igreja Evangélica Assembleia de Deus, Ministério Jardim Belcaire, em Realengo, a indenizar uma mulher em R$ 5 mil por fofoca. De acordo com o processo, os condenados disseram ter recebido uma “revelação divina” de que a mulher teria traído o marido e espalharam a informação.

Ex-presidente na mira: Petistas apostam em ataque de Palocci a Lula


A delação de Antonio Palocci é dada como certa entre petistas desde a semana passada. Na abertura da etapa paulista do 6.º Congresso Nacional do PT, na sexta-feira da semana passada, a "traição" do ex-ministro era um dos assuntos principais. Em tom que variava entre a indignação e a resiliência, petistas comentavam que Palocci iria entregar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em troca do acordo com o Ministério Público Federal. A certeza dos petistas vem de recados dados por pessoas próximas ao ex-ministro da Fazenda (Lula) e Casa Civil (Dilma Rousseff) e também pela lógica da exclusão. Segundo eles, Lula é o único alvo que a Lava Jato ainda não conseguiu alcançar e Palocci, dada a proximidade com o ex-presidente até bem pouco tempo atrás, poderia preencher lacunas que dariam mais solidez às denúncias contra Lula. A indignação dos petistas com o ex-ministro aumenta diante das suspeitas que pesam contra Palocci. Ao contrário do ex-tesoureiro do partido João Vaccari Neto, preso por supostamente operar o esquema de caixa 2 do PT, Palocci é acusado de enriquecimento pessoal. Sob a condição de sigilo, petistas dizem que o ex-ministro quer preservar seu patrimônio, em grande parte acumulado no período dos governos do partido, ao tentar o acordo de delação premiada. Mesmo assim o PT estadual de São Paulo aprovou um texto no qual Palocci, Vaccari e José Dirceu são tratados como "presos políticos". Segundo dirigentes, foi uma tentativa de acalmar o ex-ministro. Dado o amplo acesso que Palocci tinha a Lula, correligionários avaliam que o estrago da delação será grande, podendo levar à inviabilização da candidatura do petista à Presidência em 2018. Já no entorno de Lula a torcida é para que o ex-ministro poupe o ex-presidente. Um ex-auxiliar do círculo mais próximo ao petista disse esperar que Palocci diga somente a "verdade". E a "verdade", segundo essa fonte, é que o "ex-presidente Lula sempre disse para ele cuidar desse negócio (de dinheiro para campanhas), que não queria saber de onde veio o dinheiro e que o PT que se virasse para financiar seus candidatos". De acordo com interlocutores de Lula, Palocci e depois Guido Mantega foram encarregados de gerenciar o caixa 2 petista justamente para preservar e blindar o ex-presidente. Outra certeza petista é que a delação de Palocci vai ampliar muito o escopo da Lava Jato trazendo para o olho do furacão setores do empresariado nacional com quem o ex-ministro tinha grande proximidade e que até então passaram ilesos pelas investigações de Curitiba. O principal deles é o setor financeiro.

Jornal da Record - A Caixa Preta do BNDES. Parte 4 (Dinheiro dos brasileiros na Argentina)


Comprando votos com nosso dinheiro pra tirar nossos direitos! Verba para obras é usada em troca de apoio à reforma da Previdência


Maldades do Temer


Na tentativa de aprovar a reforma da Previdência no plenário da Câmara, o governo iniciará a liberação de dinheiro para obras paradas em municípios de interesse dos parlamentares. Muitos projetos foram interrompidos devido ao corte no Orçamento da União. Interlocutores do governo afirmaram, segundo o jornal O Globo, que a probabilidade de aprovação aumentou consideravelmente e que os deputados de base têm pedido que o governo "dê motivos" para votos favoráveis. Além da liberação de dinheiro para obras, foi prometida a liberação de emendas e cargos de segundo e terceiro escalões. "A gente vai liberar com muito carinho", disse um ministro à publicação. "Qual o crime de dar R$ 1 milhão ou R$ 2 milhões para um deputado finalizar obras em seu município? Isso é um valor pequeno perto da importância da matéria para o país", afirmou um interlocutor do presidente Michel Temer.

REFORMA DA PREVIDÊNCIA - JAIR BOLSONARO


 

Após Operação Bullish, funcionários do BNDES ameaçam iniciar greve


Os funcionários do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) poderão cruzar os braços caso a presidente do banco, Maria Silvia Bastos Marques, não saia publicamente, e de forma contundente, em sua defesa. Após as conduções coercitivas de alguns colegas pela Polícia Federal (PF) para depor ontem na Operação Bullish, a AFBNDES, associação que representa os servidores da instituição de fomento, fará uma assembleia na segunda-feira para decidir por uma paralisação, já que os técnicos não se sentiriam seguros para assinar documentos. No fim da tarde, durante teleconferência com a imprensa que tratou do resultado financeiro do banco no primeiro trimestre, Maria Silvia fez breve declaração sobre o assunto. "Temos confiança na probidade e capacidade técnica dos empregados", afirmou. Para o presidente da AFBNDES, Thiago Mitidieri, a declaração foi insuficiente e protocolar. "Ela não disse que foi um absurdo o que fizeram, desnecessário, já que o banco está colaborando", disse Mitidieri. Em manifestação na sede do banco ontem, o presidente da associação destacou que uma das funcionárias levadas pela PF está grávida. Com 39 meses de gestação, está prestes a dar à luz. O expediente de ontem no BNDES começou sob o impacto das notícias das conduções coercitivas. Consternados, os funcionários consideraram que a PF humilhou seus colegas, ao procurá-los em casa e apreender seus documentos e computadores pessoais.



O ICEBERG VAI DERRETER! Alvaro Dias recorre ao STF contra o BNDES. BOLSONARO DENUNCIA FARSA ARMADA



Série JR: reportagem exclusiva revela destino de bilhões de dólares desviados do BNDES


Tarifa de água e esgoto sofrerá reajuste de 8,8% na Bahia a partir de junho

Foto: Rafael Neddermeyer / Fotos Públicas

A Agência Reguladora de Saneamento Básico do Estado da Bahia (Agersa) anunciou nesta sexta-feira (12) que a tarifa das contas de água e esgoto sofrerá reajuste de 8,8% a partir de junho. De acordo com comunicado, o aumento atende à solicitação que a Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) havia feito há dois dias. O novo valor passa a ser cobrado a partir de 6 de junho. A Agersa informou que foi constatado um desequilíbrio financeiro na Embasa, o que levou à autorização do reajuste extraordinário. Estudos apontaram que, para corrigir o desequilíbrio relacionado à expansão dos serviços, será necessário um incremento tarifário de 53,1%, que não foi autorizado pela Agersa. A correção ainda busca garantir a continuidade dos investimentos atuais.

Comentário: É muito engraçado (ou revoltante), como a Embasa e essa tal Agersa, aumentam tarifas na Bahia. Já melhorar o serviço ai ninguém melhora...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Minha lista de blogs

Google+ Followers