terça-feira, 4 de abril de 2017

Bahia: Mesmo após chuvas, Embasa mantém racionamento de água em Ponto Novo e sete cidades das regiões de Senhor do Bonfim e Jacobina

Barragem de Ponto Novo (13/10/2016)

Apesar das chuvas ocorridas no centro-norte baiano nos últimos dias, a Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) mantém o abastecimento de água em regime de racionamento em oito municípios (Senhor do Bonfim, Jacobina, Jaguarari, Caldeirão Grande, Andorinha, Itiúba, Ponto Novo e Filadélfia) e em Angico (Mairi) e Umbuzeiro (Mundo Novo) e estuda reduzir a oferta de água em Campo Formoso, Antônio Gonçalves, Saúde, Caém, Serrolândia, Capim Grosso e São José do Jacuípe. Conforme dados coletados nesta terça-feira (04), as barragens que abastecem estas localidades não tiveram mudanças significativas, apresentando os seguintes níveis de armazenamento: Ponto Novo (23,9%), Pindobaçu (43,2%), Aipim (50,2%), Prata (19,9%), Pedras Altas (24%), Cachoeira Grande (32,9%), Itapicuruzinho (0,4%) e São José do Jacuípe (12,3%). Segundo o gerente Regional da Embasa, Vinícius Araújo, o cenário ainda é preocupante. “As chuvas embora tenham colaborado muito para o homem do campo, ainda não foram suficientes para repor a água das barragens que abastecem a nossa região, por isso é necessário continuar contando com a cooperação da população na adoção de hábitos racionais do uso da água”, explicou Vinícius. Para conter a crise hídrica, a Embasa já estuda abastecer Itiúba através da Barragem de Rômulo Campos, Andorinha com água do Rio São Francisco via Sistema de Pilar, e Senhor do Bonfim e Jaguarari por meio de outras formas alternativas de abastecimento. Atenciosamente Assessoria de Comunicação da Embasa (74) 3541-8400

Chuvas na Bahia: Volta a chover forte em Ipirá e Pintadas


No fim da tarde e início da noite desta segunda-feira, 03 de abril de 2017, voltou a chover forte nos municípios de Pintadas e Ipirá. Em ambas as cidades, a chuva durou aproximadamente uma hora, fazendo correntezas. No município de Pintadas há registros que variam de cada região, oscilando entre 36 e 80 milímetros de chuva. As chuvas caem na região desde o sábado, dia 1º, trazendo muita alegria para toda população que vinha sofrendo com seca prolongada. Fonte: VR14





Embasa faz alterações em edital de concurso público na Bahia; confira

Embasa seleciona para vagas em Salvador e mais três cidades baianas (Foto: Lena Marinho)

Inscrições podem ser feitas na internet até a quarta-feira (5).
São oferecidas 600 vagas; salários vão até R$ 6.793,31.


A Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) fez alterações no edital do concurso público que seleciona profissionais para trabalhar em Salvador e mais três cidades baianas. As mudanças, que dizem respeito aos assuntos que serão cobrados durante as provas, foram publicadas no Diário Oficial do Estado da Bahia, no último final de semana. [Confira as alterações] De acordo com o documento, devem ficar atentos os candidatos às vagas para operador de processos de água e esgoto, técnico operacional (edificações), técnico em eletromecânica, além de engenharia civil, engenharia elétrica e engenharia sanitária e ambiental. Concurso da Embasa Vagas: 600 Inscrições: 15/03/17 a 05/04/17 Data da prova: 7 de maio de 2017 Salários: R$ 1.122,84 a R$ 6.793,31 Locais: Salvador, RMS e interior Níveis: Médio, Técnico e Superior Valor da inscrição: R$ 60 (nível médio), R$ 80 (nível técnico) e R$ 120 (nível superior) No total, são ofertadas 600 vagas pelo concurso. As incrições podem ser realizadas exclusivamente pela internet, no site da empresa organizadora do concurso, até a quarta-feira (5). Os inscritos terão até a quinta-feira (6) para pagar o boleto. As provas devem ser aplicadas no dia 7 de maio de 2017 e serão realizadas em Salvador, Barreiras, Feira de Santana e Vitória da Conquista. As vagas estão distribuídas entre 11 funções dos níveis médio, técnico e superior. Há oportunidades para 64 municípios onde há unidades da Embasa, incluindo Salvador, região metropolitana e interior do estado. Os salários variam de R$ 1.122,84 a R$ 6.793,31. As vagas de nível superior são oferecidas aos profissionais com formação em ciências contábeis; análise de sistemas, processamento de dados, ciência da computação, engenharia de computação ou sistemas de informação; engenharia civil ou engenharia de produção civil; engenharia sanitária ou engenharia sanitária e ambiental; e engenharia elétrica. 

Concurso da Embasa
Vagas: 600
Inscrições: 15/03/17 a 05/04/17
Data da prova: 7 de maio de 2017
Salários: R$ 1.122,84 a R$ 6.793,31
Locais: Salvador, RMS e interior
Níveis: Médio, Técnico e Superior
Valor da inscrição: R$ 60 (nível médio), R$ 80 (nível técnico) e R$ 120 (nível superior)

 Mais de 120 concursos abertos reúnem 6,4 mil vagas no país Embasa publica edital de concurso público para 600 vagas na Bahia As vagas de nível médio-técnico são destinadas para técnicos em edificações e técnicos em eletromecânica. Já para o nível médio, há vagas para agente administrativo, agente operacional, assistente de laboratório e operador de processos de água e de esgoto. O valor de inscrição é de R$ 60 para as funções de nível médio, R$ 80 para as funções de nível técnico e R$ 120 para as funções de nível superior. O prazo de validade do concurso, organizado pelo Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC), será de seis meses, contados a partir da data da homologação do resultado final, podendo, a critério da Embasa, ser prorrogado uma vez por igual período, por conveniência administrativa da empresa.

Polícia apura se jovem morto na BA participou de assassinato de irmãs

Vítimas foram encontradas em covas rasa (Foto: Reprodução/TV Santa Cruz)

Suspeita é de que rapaz tenha sido executado após indicar local dos corpos. Crimes ocorreram no município de Itabela, na região sul do estado.


A Polícia Civil de Itabela, no sul da Bahia, apura se um jovem de 21 anos executado com vários tiros na cidade teria envolvimento no assassinato de duas irmãs, de 14 e 16 anos, achadas mortas pela família em um matagal na zona rural do município. De acordo com o delegado Robson Andrade, Geisiel da Rocha Lima teria participado da morte das irmãs Jaciele Olinda dos Santos e Natiele Almeida de Oliveira, mas se arrependeu e contou para a família das vítimas onde os corpos foram deixados. Os comparsas, então, teriam ficado irritados e o mataram.

Delegado apura se assassinato de jovem tem
relação com a morte das irmãs (Foto: Reprodução/
TV Santa Cruz)


"Ele [Geisiel] teria participado, porém se arrependeu e avisou aos familiares onde os corpos teriam sido encontrados", disse o delegado. Geisiel foi morto na tarde de domingo (2). A Polícia Civil abriu um inquérito para apurar os dois crimes e disse que quatro pessoas já foram ouvidas, entre elas a mãe das adolescentes mortas, Janete Almeida. A mãe só prestou queixa na delegacia após os corpos serem encontrados, três dias depois das meninas saírem de casa para fazer uma matrícula numa escola, na quinta-feira. "Não registrei porque a minha filha [Natiele] já tinha costume de sair e ficar oito dias fora. O que fez eu ir à procura foi que a minha filha adotiva não tinha esse costume. Mas a outra já tinha o costume de ficar uma semana sem dar notícia. Então, eu fiquei achando que ela iria aparecer ", disse Janete. Segundo o delegado, nenhuma das irmãs tinha passagem pela polícia.


Caso - Duas adolescentes, de 14 e 16 anos, foram achadas mortas pela família na cidade de Itabela, no sul da Bahia. De acordo com a Polícia Civil, as vítimas eram irmãs de criação e foram encontradas dentro de uma cova rasa, na manhã de domingo (2). Conforme a polícia, as garotas estavam desaparecidas desde o início da noite de quinta-feira (30). Ainda de acordo com a polícia, os corpos das vítimas estavam em uma área de mata de difícil acesso, e já em estado de decomposição. Ao redor da cova foram encontrados projéteis de arma de fogo. A polícia informou que a mãe das adolescentes disse que uma das garotas era amiga de traficantes da cidade. "Por causa de um relacionamento com alguns traficantes, eles ficaram com raiva e e vieram a ceifar a vida dela", disse o delegado. Os corpos foram encaminhados para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Eunápolis e foram liberados ainda no domingo. Conforme a necropsia, as vítimas estavam com as mesmas roupas que usavam quando desapareceram e não havia sinais de violência sexual. A polícia disse ainda, que uma das vítimas estava com um relógio dourado no punho, o que, inicialmente, eles descartam o latrocínio, roubo seguido de morte. Não há detalhes sobre o sepultamento das adolescentes. A polícia informou ainda que encontrou o corpo de um rapaz na tarde de domingo, em outra região da cidade, e investiga se os crimes têm relação. Informações iniciais divulgadas pela polícia apontam que a vítima teria procurado a mãe das adolescentes para mostrar onde estava o corpo delas.

Chapa Dilma-Temer no TSE: Momento Antagonista - O país da marmelada

Guilherme Teles - JusBrasil

Claudio Dantas analisa três exemplos de marmeladas que estão em curso em Brasília: o julgamento da chapa Dilma-Temer no TSE, a ampliação do foro privilegiado e a aprovação da lista fechada com ampliação do financiamento público de campanhas.


O foro da impunidade ampliado! ALEXANDRE DE MORAES NÃO PASSOU NO TESTE


STF protetor dos políticos


Alexandre de Moraes acaba de conceder liminar, a pedido da AGU, suspendendo a operação da PF que cumpriu mandado no gabinete da deputada Simone Morgado, mulher de Jader Barbalho. O alvo era uma funcionária de Simone, mas a AGU alega que a ação deveria ter autorização prévia do STF. Moraes encampou a tese absurda de que a prerrogativa de função de um parlamentar se estende a seus assessores e locais de trabalho.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google+ Followers