domingo, 19 de março de 2017

Relembre: Melissa Kurtz fez selfie no carro e fotografou espírito que morreu em acidente

  fotografou espírito que morreu em acidente

Ao analisarem mais de perto, ficou claro que se tratava de um garoto. Mas as duas estavam sozinhas


Quando Melissa Kurtz, 48 anos, pegou a filha de carro para levar a um desfile não imaginava o que estava por acontecer. Em determinado momento, a menina de 13 anos pegou o celular da mãe e começou a tirar selfies. No entanto, em uma dessas fotos, apareceu algo estranho no banco de trás do carro. Ao analisarem mais de perto, ficou claro que se tratava de um garoto. Mas as duas estavam sozinhas. “Eu não notei nada de diferente na foto até então. Certo dia, peguei o celular e estava olhando quando percebi o menino. Fiquei em choque. Corri para contar para amigos e eles também ficaram sem entender”, disse Melissa ao The Sun. Ao pesquisar na internet informações sobre a rodovia que havia trafegado, ela descobriu que houve um acidente que matou uma família inteira.



Especialistas em paranormalidade investigaram as imagens e disseram que não houve manipulação digital. Segundo um deles, o suposto espírito estava lá para alertar a garota a usar o cinto de segurança. “Muitas pessoas acreditam na vida pós-morte e essa é a prova para mim”, disse a mulher.

Popozuda! Tati e Ana Paula Minerato desfilam bumbuns 'perfeitos' em Cancún

Tati Minerato (Foto: Caue Garcia / CG1 Comunicação/Divulgação)

Irmãs estão curtindo dias em praias mexicanas e a festa Spring Break Oficial.


Depois de desfilarem pela Gaviões da Fiel no Carnaval, Tati Minerato e Ana Paula Minerato estão passando alguns dias de férias em Cancún, no México. As irmãs estão na cidade para curtir o Spring Break Oficial, festa badalada que acontece em diversas casas noturnas. Tati e Ana Paula aproveitaram ainda a viagem para colocar o bronzeado em dia, além de exibirem seus corpos malhados e seus bumbuns 'perfeitos' pelas praias e piscina do hotel em que estão hospedadas. "Estamos adorando a viagem, era um sonho estar em um lugar tão lindo como este, conhecer um novo país, com pessoas diferentes. É realmente mágico", disse Ana Paula.






Ana Paula Minerato (Fotos: Caue Garcia / CG1 Comunicação/Divulgação)

Rede social: Internauta diz que cantor “passa a vara” em Anitta e cantora rebate

  “passa a vara” em Anitta e cantora rebate
Rede social: Internauta diz que cantor “passa a vara” em Anitta e cantora rebate

“Nem todo homem tem essa mentalidade medíocre”, foi a resposta da diva brasileira em comentário que recebeu quase 3 mil curtidas


Anitta mostrou que não leva desaforo pra casa quando o assunto é machismo. A cantora respondeu o comentário de um internauta publicado em um vídeo postado por Nego do Borel no Instagram. No vídeo divulgado na rede social, as imagens mostram os amigos dançando ao som do hit que fizeram em parceria com Wesley Safadão. “Essa ele já passou a vara algumas vezes… Será?? Kkkk”, insinuou o usuário atrevido. Anitta não deixou barato e respondeu. “Ninguém passa a vara em ninguém, querido. Nem todo homem tem essa mentalidade medíocre de que uma mulher que dança e usa a roupa que quer tem que ser desrespeitada ou ser ‘comida’, como você deve dizer”, começou o texto. O comentário da diva recebeu quase 3 mil curtidas até o início da tarde deste domingo (19/3).





Flagra! Veja o vídeo: Garçonete é filmada fazendo sexo com cliente em restaurante


As imagens foram postadas nas redes sociais no início deste mês por um funcionário do restaurante e viralizou


Uma garçonete foi flagrada por uma câmera de segurança fazendo sexo com um cliente em restaurante. O caso aconteceu no norte da Tailândia. O registro foi feito poucos minutos após o restaurante fechar. As imagens foram postadas nas redes sociais no início deste mês por um funcionário do restaurante e viralizou. A atividade sexual ocorreu em uma cadeira e, segundo o Mirror, os envolvidos só pararam quando um outro funcionário chegou. “O homem esperou até o fechamento do restaurante. Eles pensaram que estivesse tranquilo e que ninguém os incomodaria mas, infelizmente, havia câmeras por toda parte”, comentou o autor do vazamento à publicação.

Gostosa! Renata Santos mostra o corpo enxuto em Miami



As férias de Renata Santos nos Estados Unidos acabaram! Depois de curtir o parque da Universal em Orlando, na Flórida, a Musa da Mangueira passou o último dia da viagem em Miami, curtindo as belas praias da cidade e exibindo seu corpo enxuto. "Amanhã volto para o Brasil e meu começa realmente na segunda, quando retomo as aulas no curso de atores Wolf Maia e também volto pra dieta e para os treinos", contou ela. Além de viajar, Renata desencanou da alimentação restrita nas férias. "Me joguei na pizza e no chocolate", contou ela.


Renata Santos (Fotos: R2assessoria)

Gostosa e popozuda! Gil Jung mostra as curvas e 'bumbum na nuca' em ensaio de moda praia

 'bumbum na nuca' em ensaio de moda praia
Gostosa e popozuda! Gil Jung mostra as curvas e 'bumbum na nuca' em ensaio de moda praia

Bumbum avantajado


Gil Jung exibiu toda a sua boa forma para as lentes do fotógrafo Davi Borges. Nas imagem, a modelo aparece usando biquíni e maiôs cavados, mostrando suas curvas e seu "bumbum na nuca". Além de modelar, Gil Jung está investindo na carreira de atriz. Recentemente, ela fez uma participação na novela "Rock Story", atuando ao lado de Vladimir Brichta e Rafael Vitti. "Foi incrível. Só homem gato, além de talentosos. Foi um sonho", disse ela, que deu vida a uma blogueira Fitness na trama.






Gil Jung (Fotos: Reprodução/Instagram/Davi Borges)

Conceição do Coité Bahia: criança de 6 anos morre e mãe fica ferida em acidente de moto na BA 411


Matheus Henrique Santos Silva, 06 anos, morreu e sua mãe Jocelma Silva Santos, 36, sofreu fraturas em um das pernas depois de se envolverem em um acidente na BA 411 trecho que liga a sede de Conceição do Coité ao Distrito de Salgadália, na altura do Km 04 da rodovia. Segundo informações da Polícia Militar e Brigada Voluntária Anjos da Vida que compareceram ao local no inicio da manhã deste domingo, 19, Jocelia seguia com o filho na moto Honda CG 150 de placa PKF 6618 licença de Conceição do Coité no sentido Salgadália no inicio da noite de sábado, 18, quando teria descido a ribanceira depois do acesso ao lixão, como estava com um das pernas fraturada em dois locais não pôde se levantar para voltar para estrada e lamentavelmente, teve que passar a noite e toda madrugada com a dor em decorrência das fraturas e a dor maior de estar ao lado do filho morto. A Brigada Voluntária Anjos da Vida fez o resgate da mãe quando o dia já estava claro, enquanto que o corpo de Henrique permaneceu aguardando a chegada da equipe do Departamento de Policia Técnica – DPT de Serrinha. As informações são do site Calila Noticias

Pirâmide financeira: Dono da Telexfree chama investidores de 'povo burro' em conversa

  'povo burro' em conversa
Pirâmide financeira: Dono da Telexfree chama investidores de 'povo burro' em conversa

MPF apresentou conversas à Justiça Federal do Espírito Santo. Provas foram retiradas do sigilo pelo TRF da 2ª Região.


Conversas do dono da Telexfree, Carlos Costa, com o sócio Carlos Wanzeler, apresentadas em fevereiro pelo Ministério Público Federal à Justiça Federal no Espírito Santo, mostram que o empresário zombava dos investidores, chamando-os de “povo burro”. As provas das irregularidades, coletadas durante a Operação Orion em 2014, foram retiradas do sigilo pelo Tribunal Regional Federal da 2ª Região. Em várias mensagens, Costa e Wanzeler discutiam sobre o percentual de divulgadores que não pediam resgaste das remunerações conquistadas com o negócio e comemoravam o alto índice de reinvestimento na empresa. Os dois também conversaram sobre estratégias para mostrar legalidade no negócio. Uma das armas, segundo Costa, seria pagar impostos. “Isso seria como investimento para manter o negócio… pois provamos com impostos que temos clientes seja onde for no mundo…”, escreveu Costa para Wanzeler em janeiro de 2013 assim que veio à tona as investigações envolvendo a empresa.

As atividades da Telexfree foram suspensas, a princípio, de forma liminar em junho de 2013 pela Justiça do Acre. Todos os bens dos sócios da companhia e de familiares, cerca de R$ 700 milhões em dinheiro, além de imóveis e carros, foram bloqueados. De acordo com a denúncia do MPF, para continuar a captar recursos de investidores e manter altos lucros, os empresários burlaram essa decisão judicial, cadastrando novos associados, residentes no Brasil, por uma suposta rede americana. O caso foi revelado em reportagem publicada em 5 de setembro de 2013. Em troca de mensagens com Inocêncio Pereira Reis Neto, o Pelé, Carlos Costa mostrou preocupação em ter os planos frustrados após divulgação da matéria. “... parece que saiu na gaceta (sic) sim que líderes estariam fazendo rede no exterior… então muito cuidado no dia de hj (sic)”. O braço americano da Telexfree atuou até 13 de abril de 2014, quando a empresa entrou com pedido de recuperação judicial nos Estados Unidos. Outros diálogos dos empresários, no entanto, revelam que, pelo menos um mês antes, a empresa já não tinha mais condições de pagar os lucros conquistados pelos divulgadores. Num bate-papo pelo Skype, no dia 7 de abril de 2014, Carlos Costa afirma para Wanzeler que mais de 70% reinvestiu os ganhos. “...pode confiar em mim nesse número. Eles sempre fazem isso e vc (sic) sabe disso… se não for mais. kkkkk. Povo burro. kkkkkk”. Em setembro de 2015, a empresa foi condenada pela 2ª Vara Cível de Rio Branco a ressarcir os divulgadores devido à comprovação de que o negócio seria uma pirâmide financeira. Apesar da decisão do Acre, os donos da empresa e líderes de rede continuaram a ser investigados pela Polícia Federal no Espírito, que concluiu parte do inquérito criminal em janeiro. Os empresários mais 20 pessoas são acusados de cometer crime contra o sistema financeiro ao fazer da Telexfree um banco clandestino que emitia moeda eletrônica e a transformava em dinheiro de verdade. Eles também foram denunciados por lavagem de dinheiro, por usar laranjas por ocultar bens e por organizar pirâmide financeira e vender valores mobiliários sem autorização da Comissão de Valores Mobiliários. Outro lado O advogado criminalista Rafael Lima, defesa do dono da Telexfree, e da maioria dos denunciados, diz que não vai comentar o teor dos diálogos dos empresários revelados nas denúncias do Ministério Público Federal. Segundo ele, as conversas são de natureza íntima e deveriam ter sido mantidas em segrego pelo Judiciário. “Qual seria o motivo de não se preservar esses dados sigilosos? As denúncias trazem conversas telemáticas, dados fiscais, bancários. Para que isso? Como isso pode contribuir com a sociedade. O juiz havia autorizado a publicação de parte das informações sobre a denúncia. O público já foi informado sobre o caso”, disse. Para eles, as mensagens foram colocadas no processo fora do contexto. “São trechos soltos. Uma frase. Seria bem diferente se fosse colocado dentro de um contexto”.

Salários chegam a R$ 15,1 mil! Concursos: 11 órgãos abrem inscrições para 375 vagas na segunda-feira

Candidatos fazem prova de concurso público (Foto: De Jesus/O Estado)

Salários chegam a R$ 15,1 mil na Prefeitura de Santa Bárbara (MG). Somente na Prefeitura de Boa Esperança (MG) são 205 vagas.


Pelo menos 11 órgãos abrem inscrições de concursos públicos, na segunda-feira (20), para 375 vagas e formação de cadastro de reserva em cargos de níveis fundamental, médio e superior. Os salários chegam a R$ 15.117,57 na Prefeitura de Santa Bárbara (MG). Somente na Prefeitura de Boa Esperança (MG) são 205 vagas. ETA DE CONCURSOS E OPORTUNIDADES 

Nos concursos para formação de cadastro de reserva, os candidatos aprovados são chamados conforme a abertura de vagas durante a validade do concurso. Veja os concursos abaixo: 

Prefeitura de Boa Esperança (MG) A Prefeitura de Boa Esperança (MG) fará concurso público para 205 vagas em cargos de todos os níveis de escolaridade. Os salários chegam a R$ 11.880. Os candidatos podem se inscrever entre os dias 20 de maço e 30 de abril pelo site www.facepealfenas.org.br. Todos serão avaliados por meio de prova objetiva  (veja o edital no site da organizadora).. Prefeitura de Conceição da Barra de Minas (MG) 

A Prefeitura de Conceição da Barra de Minas (MG) divulgou edital de concurso público para 15 vagas em cargos de níveis fundamental e superior. Os salários vão de R$ 880 a R$ 3.440,31. As inscrições podem ser feitas de 20 de março a 20 de abril pelo site www.jcmconcursos.com.br. A prova será aplicada na data provável de 21 de maio  (veja o edital no site da organizadora).

Prefeitura de Fundão (ES) 

A Prefeitura de Fundão (ES) fará processo seletivo para 5 vagas em cargos de níveis médio e superior. Os salários são de R$ 809,59 e R$ 1.695,10, respectivamente. Os candidatos podem se inscrever entre 20 e 21 de março na secretaria municipal de esportes, localizada na Rodovia Josil Espíndula Agostini s/nº, das 9h às 16h30. A seleção será feita por meio de análise de currículos  (veja o edital no site da prefeitura). 

Prefeitura de Jaru (RO) A Prefeitura de Jaru (RO) fará processo seletivo para 23 vagas e formação de cadastro de reserva em cargos de níveis fundamental, médio e superior. Os salários vão de R$ 937 a R$ 1.786,16. As inscrições podem ser feitas nos dias 20 e 21 de março pelo site www.jaru.ro.gov.br. A seleção será feita por meio de análise de currículo  (veja o edital no site do Diário Oficial dos Municípios de Rondônia – edição de 17 de março, a partir da página 123). 

Prefeitura de João Neiva (ES) A Prefeitura de João Neiva (ES) vai abrir processo seletivo para 22 vagas temporárias em cargos de todos os níveis de escolaridade. As remunerações vão de R$ 937 a R$ 1.982,22. As inscrições podem ser feitas nos dias 20 e 21 de março, das 8h ás 11h e das 13h às 16h, na prefeitura, localizada na Avenida Presidente Vargas, 257. A seleção será feita por meio de avaliação de títulos  (veja o edital no site da prefeitura). 

Prefeitura de Piracicaba (SP) A Prefeitura de Piracicaba (SP) divulgou editais de processos seletivos para 29 vagas em cargos de níveis médio e superior. O salário varia de R$ 1.152,60 a R$ 5.434,27. As inscrições devem ser feitas pelo site www.consesp.com.br no período de 20 de março a 4 de abril. As provas estão previstas para 7 de maio (veja os editais no site da organizadora). 

Prefeitura de Santa Bárbara (MG) A Prefeitura de Santa Bárbara (MG) vai abrir dois processos seletivos para um total de 16 vagas em cargos de todos os níveis de escolaridade. Os salários vão de R$ 1.080,72 a R$ 15.117,57. As inscrições estarão abertas de 20 a 31 de março na sede da prefeitura, localizada na Rua Padre Lucindo, s/nº, das 8h às 11h e das 13h às 16h. A prova está prevista para 9 de abril  (veja os editais no site da organizadora). 

Prefeitura de Sapopema (PR) A Prefeitura de Sapopema (PR) fará processo seletivo para 8 vagas em cargos de níveis fundamental, médio e superior. As remunerações variam de R$ 937 a R$ 1.602,07. As inscrições podem ser feitas de 20 a 30 de março na secretaria de educação, localizada na Praça Antonio Batista Ribas s/nº, das 8h às 11h30 e das 13h às 17h30. A seleção será feita por meio de análise de títulos (veja o edital no site do Diário Oficial dos Municípios do Paraná – edição de 17 de março, a partir da página 173). 

Prefeitura de Tabuleiro do Norte (CE) A Prefeitura de Tabuleiro do Norte (CE) vai abrir processo seletivo para 40 vagas em cargos de níveis fundamental e médio. O salário é de R$ 937. As inscrições devem ser feitas de 20 a 24 de março na Secretaria de Trabalho e Ação Social das 7h às 13h. A seleção será feita por meio de análise da capacidade profissional, análise curricular e entrevista (veja o edital no site do Diário Oficial dos Municípios do Ceará – edição de 17 de março, a partir da página 29). 

Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) A Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) divulgou edital que prevê o preenchimento de duas vagas para professor auxiliar da instituição. O salário é de R$ 2.408,08. As inscrições estarão abertas de 20 de março a 7 de abril no protocolo geral da UFCG, localizado à Rua Aprígio Veloso, 882, de segunda à sexta-feira, das 8h às 12h e das 14h às 18h. As provas estão previstas para o dia 2 de maio (veja a matéria completa). Universidade Federal de Roraima (UFRR) A Universidade Federal de Roraima (UFRR) fará concurso para 10 vagas de professor. Os salários vão de R$ 3.117,22 a R$ 9.570,41. As inscrições podem ser feitas de 20 de março a 20 de abril pelo site http://sis.ufrr.br/concursos. A data e o horário das provas ainda serão divulgados  (veja o edital no site do Diário Oficial da União).

Crueldade! Mãe mata filho recém-nascido em açude de Sítio Novo no Maranhão


Crime bárbaro


Mãe mata o próprio filho recém-nascido no MA Um crime bárbaro chocou a cidade de Sítio Novo, no Maranhão. Uma mulher, que não teve o nome revelado, matou o próprio filho recém-nascido jogando-o num açude logo após o parto. Ela teria utilizado um facão para cortar o cordão umbilical e em seguida jogou a criança na água ainda viva e ela se afogou. O corpo foi encontrado por populares que acionaram a Polícia Militar e o Instituto Médico Legal (IML) para remoção. De acordo com informações preliminares, a mãe da vítima teve depressão pós parto. Ela foi presa ontem em Sítio Novo. Fonte: Portal do Maranhão Coronel Notícias Policiais

Comportamento das famosas: Luciana Gimenez publica selfie fazendo depilação íntima e choca fãs

Comportamento dos famosos: Luciana Gimenez publica selfie fazendo depilação íntima e choca fãs

Fãs "não aprovaram" momento íntimo da apresentadora no Instagram e você?


Tem famoso pesando a mão na intimidade compartilhada nas redes sociais. Na manhã desta segunda-feira (13/3), Luciana Gimenez, compartilhou no Instagram uma foto do momento em que fazia depilação íntima. Na imagem, ela aparece de bruços, sem calcinha e com as pernas abertas. 6.8 K 0 0 Tem famoso pesando a mão na intimidade compartilhada nas redes sociais. Na manhã desta segunda-feira (13/3), Luciana Gimenez, compartilhou no Instagram uma foto do momento em que fazia depilação íntima. Na imagem, ela aparece de bruços, sem calcinha e com as pernas abertas. Não é a primeira vez que a apresentadora publica fotos polêmicas na rede. Dessa vez, no entanto, nem os fãs perdoaram. “Curto muito você, mas essa foto é desnecessária”, opiniou uma seguidora nos comentários. Confira outras fotos de Gimenez que causaram no Instagram:






Religião e sexo: Vítimas de pastor acusado de estupros relatam tortura e perversão

  estupros relatam tortura e perversão

Segundo depoimentos a que o Metrópoles teve acesso, Renato Bandeira obrigava mulheres a fazer sexo oral, anal e introduzia objetos nelas


O Metrópoles teve acesso aos depoimentos que integram a investigação da Polícia Civil do DF sobre o pastor e músico evangélico Renato Bandeira dos Santos, 31 anos, suspeito de pelo menos cinco estupros nas cidades de Taguatinga e Águas Claras. Os relatos das vítimas trazem detalhes dos momentos de terror que elas passaram e situações constrangedoras. As mulheres, com idade entre 20 e 46 anos, contaram que eram obrigadas a fazer sexo oral e anal com o pastor. O grau de perversidade do estuprador era tamanho que em uma das ocasiões teria enfiado um objeto no ânus de uma delas. O modus operandi do criminoso, segundo as ocorrências policiais, era o mesmo. No período entre 18 de agosto e 29 de dezembro de 2014, ele abordou as mulheres dirigindo um carro. Usava uma faca grande, tipo peixeira, ou um revólver para intimidar as vítimas. “Ele parou o carro em frente a uma casa. Novamente, fui obrigada a fazer sexo oral nele. Depois, mandou que eu abaixasse o banco do passageiro e ficasse de costas. Depois da penetração vaginal, pegou um objeto e usou no meu ânus”, contou uma delas.

Depoimento prestado por uma estudante da UnB, estuprada no dia 29/9/2014


As abordagens eram feitas em locais com pouco movimento, sempre entre 5h e 6h30. Renato usava de violência e chegava a agredir as mulheres. Em uma das ocorrências, a vítima disse que foi sufocada no momento em que resistia ao abuso. Ao que tudo indica, o pastor escolhia seus alvos aleatoriamente. Entre eles estão uma estudante da Universidade de Brasília e uma vendedora.

Depoimento prestado por uma mulher que foi abordada às 5h30, em Taguatinga, em 2014, próximo à Praça do Bicalho


O suspeito rodava com elas sempre em veículos de marcas diferentes, estuprando-as e obrigando-as a fazer sexo oral e anal com ele diversas vezes. Depois, vasculhava as bolsas e olhava os documentos. Antes de liberá-las, ameaçava as vítimas, dizendo que sabia o nome e o endereço delas e que, se o denunciassem, voltaria para matá-las. “Agora eu sei onde você estuda”, disse ele, após vasculhar a bolsa de uma estudante.

Outra vítima contou que foi abordada na porta da loja em que trabalhava, em Taguatinga


Em dezembro de 2014, uma jovem de 23 anos afirmou que conhecia Renato. Ela disse em depoimento que teria pego uma carona com o pastor depois de uma festa. Na época, ele também atuaria como designer de sobrancelhas em um salão de Vicente Pires. A mulher foi obrigada a ir a um apartamento em Águas Claras. No percurso, tentou se jogar para fora do carro, mas teria sido enforcada por seu algoz. Confira o que ela contou à polícia:



Preso em Belo Horizonte Renato Bandeira dos Santos foi preso em Belo Horizonte (MG), acusado de assédio, em 2015. Após ter o seu DNA ligado aos casos no Distrito Federal, acabou transferido na terça-feira (7/3) para Brasília e foi apresentado pela Polícia Civil. Os investigadores acreditam que com a divulgação do caso, outras vítimas apareçam para denunciá-lo na 21ª Delegacia de Polícia (Taguatinga). Ele deu entrevista e garantiu ser inocente. Com a cabeça erguida e tentando passar a sensação de tranquilidade, se apresentou como pastor, cantor, compositor e escritor. Atribuiu a repercussão do caso à suposta fama que ele diz ter em todo o Brasil. Bem articulado, chegou a agradecer o apoio de patrocinadores. “O tempo é a resposta para todas as coisas que precisamos saber”, disse ao ser questionado se realmente cometeu os crimes. As vítimas, no entanto, acreditam que o tempo não vai cicatrizar as marcas de violência deixadas por Renato. Na quarta (8), uma mulher de 48 anos foi até a delegacia e o reconheceu como autor do estupro. Ela contou que foi obrigada por ele a entrar em um carro, em Águas Claras. Foi dentro do veículo que o estupro ocorreu, sob ameaça de uma faca. Segundo o delegado Raimundo Vanderly, da 21ª Delegacia de Polícia (Taguatinga), o homem, natural do Maranhão, fazia shows de música gospel em diversas cidades, reunindo até 80 mil pessoas.

Confira uma apresentação feita por Renato Bandeira:



Em um blog, no qual o pastor publicava a agenda de shows antes de ser preso, ele chegou a dizer que teve um passado difícil. Foi considerado o mais jovem traficante de drogas do Maranhão, era conhecido no mundo do crime pela alcunha de “Diabo Loiro”, mas teria se convertido, passando a se dedicar a pregar o evangelho. .



Banco de DNA Quando o pastor foi preso em Minas Gerais, o DNA dele foi colhido e as informações cruzadas com o que havia no banco de dados genéticos da Polícia Civil do DF, ligando-o a pelo menos três crimes na capital federal. Graças ao banco, investigadores já prenderam 78 estupradores que violentaram 229 mulheres nos últimos 15 anos no DF. Criado em 2000 e contando com o perfil genético de mais de 700 criminosos sexuais, o banco de DNA da Polícia Civil brasiliense é o maior do país e está entre um dos mais completos da América Latina. A ferramenta tem importância especial no contexto dos delitos sexuais, pois a investigação dos casos, quase sempre, conta com poucas provas materiais. Para chegar aos estupradores, os peritos entram em cena para coletar e analisar o material biológico (sêmen, fios de cabelo, saliva) que pode ser encontrado na cena do crime. Em seguida, todos os vestígios são inseridos no banco de dados do DF e ganham um perfil genético, que logo é definido pelo computador, chamado de Sequenciador, no qual são identificadas as informações do DNA e armazenadas no banco.

Fonte:metropoles.com/distrito-federal/ 

Crise hídrica: Com seca que dura 5 anos no Sertão, agricultores pedem chuva a São José

Agricultores rezam e pedem chuva a São José (Foto: Taisa Alencar / G1)

Nas mãos, os agricultores carregam terços e a imagem de São José. A única esperança para os moradores de Dormentes, no Sertão de Pernambuco, é a chuva. Dentro de um açude praticamente seco, os sertanejos rezam e pedem ao santo das chuvas que traga água para aliviar o sofrimento das famílias que vivem na área de sequeiro. De acordo com a crença popular, se chover no dia 19 de março, o ano será de muita fartura. A tradição ocorre há décadas e é realizada por agricultores como forma de pedir chuva ao santo que também é o padroeiro da cidade. Este ano uma procissão foi realizada no Sítio Santa Rosa, dentro de um açude, um dos maiores do município. Responsável pelo abastecimento de quase 20 comunidades, a última vez que a barragem encheu foi há 15 anos, em 2002.

Segundo dados da Coordenadoria de Defesa Civil de Pernambuco (Codecipe), 126 dos 185 municípios do Estado estão em situação de emergência e 1,5 milhão de pernambucanos sofrem com a estiagem. De acordo com a Agência de Águas e Climas (Apac), os reservatórios entraram em colapso com a seca que já dura cinco anos consecutivos. Dados da Secretaria de Agricultura e Reforma Agrária apontam que em 2016 quase cinco mil produtores perderam 100% da safra. Choveu mais este ano do que em 2016, mas não o suficiente para compensar os últimos anos de seca. Nascida e criada em Dormentes, a agricultora Maria Neuza de Souza, 55 anos, lembra dos tempos em que a chuva garantia a fartura e o sustento da população. “Nos anos de 1980 para 1985 foi bem melhor a situação. Mas da década de 90 para cá, só se agravou. A gente não tem mais condições para sobreviver com a criação de animal, tem que vender baratinho. Se quiser um pipa de água tem que pagar R$ 70 a R$ 80, mas não dura 15 dias, tem que buscar outro. Parece que a gente vai ver o final aqui mesmo”, disse.

Crispin Rodrigues diz que plantação de milho e feijão está morrendo (Foto: Taisa Alencar / G1)

Crença diz que se chover no dia de São José haverá fartura durante o ano. Em Dormentes, famílias sofrem com os efeitos da estiagem que dura 5 anos.


De acordo com a agricultora Maria do Rosário, o pouco que choveu em 2017 foi o suficiente apenas para desenvolver o fenômeno conhecido como Seca Verde, quando a Caatinga acinzentada fica verde e florida, mas as precipitações não são suficientes para encher os reservatórios. Ela diz ainda que falta água para o consumo humano e que os moradores sobrevivem com o abastecimento por carros-pipa. “Esse ano não choveu quase nada. Algumas pessoas plantaram, mas já estão esperando mais chuva. Além da praga que teve, agora estamos aguardando, depositando a fé, a devoção no padroeiro São José. Que ele mande chuva com abundância para nós agricultores, para ter água para as plantações, para beber e dar comida aos nossos animais”, explica a devota. O agricultor Crispin Rodrigues de Souza, de 62 anos, plantou milho, feijão, palma e capim. Mas sem água, parte da lavoura está perdida. “Plantei dois sacos de milho. Acho que já morreu a metade. E se a chuva não chegar logo morre é tudo. A situação dos animais também não é boa, porque os pastos não chegaram a criar bem e acaba logo. A gente tem que fazer feira para a gente e para os animais”, conta. Devoto de São José, o agricultor participa todos os anos da procissão acreditando em dias mais prósperos. “Esperando que Deus tenha compaixão de nós, nordestinos e agricultores, para melhorar a situação, porque está ruim. É olhando para o céu todo dia e toda hora, ajoelho no chão, rezando e orando. Enquanto há vida, há fé, enquanto há fé, há esperança”, acredita o agricultor. De longe, ainda onde resta um pouco de água na barragem, o agricultor Carlos Antônio Herculano dos Santos, de 45 anos, observa em silêncio a peregrinação dos fiéis. Há um ano na região, morando com a mulher de 43 anos e com a filha, de 21, ainda não conseguiu emprego porque não há plantação para trabalhar. Sentado próximo ao açude ele tenta pegar algumas piabas para garantir um pouco de alimento para a família.

“A água aqui a gente pega da Compesa, mas é contada. O rapaz só liberou dois tambores de 220 litros e não ia liberar mais porque não estava tendo. A cisterna aqui em cima está seca. Tem época que passa de 1 mês e 15 dias para poder encher. Ai em casa a gente paga pipa para pegar água de longe. Quando a gente não tem dinheiro, como eu mesmo estou desempregado, tem que correr para as casas que tem, pede um balde de água a um, a outro para manter a casa", detalha. Apesar de não haver previsão de chuva significativa para o Sertão, o agricultor se apega a fé. "É assim que a gente vive, com a ajuda dos irmãos que tocam o coração deles para não passar fome". “O pessoal está ai rogando pelo santo devoto deles e só com a misericórdia de Deus. Eu creio de todo o meu coração que vem chuva. O senhor está preparando as nuvens dele, todo dia de tardezinha. Na hora certa, quando ele ver que a gente está precisando mesmo, ele vai despejar as bênçãos dele do céu para melhorar a situação de todos nós”, destacou Carlos.

Situação de emergência Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE), Dormentes possui uma população superior a 18 mil habitantes. Das 800 famílias cadastradas no Sindicato dos Trabalhadores Rurais da cidade, todas estão sofrendo com a seca e cerca de 70% passam necessidades extremas. Todos na região perderam as lavouras em 2016. A agricultora Maria de Fátima Pereira Barbosa, de 28 anos, é casada, tem três filhos, de 10, 5 e 1 ano e está grávida de 7 meses da quarta criança. Um menino que se chamará Levi. A moradora do Sítio Baixa da Esperança, na Zona Rural de Dormentes, diz que a água de casa, usada apenas para beber e cozinhar vem de uma cisterna, abastecida por carro-pipa. Para garantir o sustento da família, o marido plantou alguns legumes, além de feijão e arroz. Mas como a água da chuva não foi suficiente, a plantação está morrendo. Maria de Fátima garante que seca igual nunca viu.

“Essa é a pior. Tudo tem que ser comprado e é caro. Aí tem que agradecer a Deus quando a gente acha dinheiro para comprar um quilo de feijão. Antigamente a gente tirava da roça, podia atravessar um ano tranquilo. Hoje não tira mais. Eu esperava que melhorassem as coisas para nós, principalmente porque precisamos de alimento para os nossos filhos. Tem dias que eles querem e não tem. Isso é doído”, disse emocionada. Para não faltar comida em casa, a agricultora conta com a ajuda dos pais. “Sempre mãe e pai ajudam de alguma forma. Mas mesmo assim nunca deixa de passar necessidade. Sem água fica mais difícil. Me emociono porque isso é coisa de mãe que quer o melhor para os filhos. É muita dificuldade que vem na vida pra gente, mas confiando em Deus, tudo será resolvido”, acredita. Também devota de São José, ela fala que já fez seu pedido ao santo. “Muita chuva para a plantação segurar, para poder dar uma vida melhor aos agricultores. Porque eles vivem disso na roça, plantar e colher. E quando planta e não colhe? Aí fica ruim. Tem que pedir chuva para dar o pouquinho. A gente pede também muita benção dada por Deus e um futuro melhor para eles [filhos], porque é isso que uma mãe deseja para os filhos”.

Com seca que dura 5 anos no Sertão, agricultores pedem chuva a São José Crença diz que se chover no dia de São José haverá fartura durante o ano. Em Dormentes, famílias sofrem com os efeitos da estiagem que dura 5 anos. Taisa Alencar Do G1 Petrolina FACEBOOK Nas mãos, os agricultores carregam terços e a imagem de São José. A única esperança para os moradores de Dormentes, no Sertão de Pernambuco, é a chuva. Dentro de um açude praticamente seco, os sertanejos rezam e pedem ao santo das chuvas que traga água para aliviar o sofrimento das famílias que vivem na área de sequeiro. De acordo com a crença popular, se chover no dia 19 de março, o ano será de muita fartura. A tradição ocorre há décadas e é realizada por agricultores como forma de pedir chuva ao santo que também é o padroeiro da cidade. Este ano uma procissão foi realizada no Sítio Santa Rosa, dentro de um açude, um dos maiores do município. Responsável pelo abastecimento de quase 20 comunidades, a última vez que a barragem encheu foi há 15 anos, em 2002. Açude responsável pelo abastecimento de 20 comunidades está quase seco  Açude responsável pelo abastecimento de 20 comunidades está quase seco Segundo dados da Coordenadoria de Defesa Civil de Pernambuco (Codecipe), 126 dos 185 municípios do Estado estão em situação de emergência e 1,5 milhão de pernambucanos sofrem com a estiagem. De acordo com a Agência de Águas e Climas (Apac), os reservatórios entraram em colapso com a seca que já dura cinco anos consecutivos. Dados da Secretaria de Agricultura e Reforma Agrária apontam que em 2016 quase cinco mil produtores perderam 100% da safra. Choveu mais este ano do que em 2016, mas não o suficiente para compensar os últimos anos de seca. Nascida e criada em Dormentes, a agricultora Maria Neuza de Souza, 55 anos, lembra dos tempos em que a chuva garantia a fartura e o sustento da população. “Nos anos de 1980 para 1985 foi bem melhor a situação. Mas da década de 90 para cá, só se agravou. A gente não tem mais condições para sobreviver com a criação de animal, tem que vender baratinho. Se quiser um pipa de água tem que pagar R$ 70 a R$ 80, mas não dura 15 dias, tem que buscar outro. Parece que a gente vai ver o final aqui mesmo”, disse. Agricultores rezam e pedem chuva a São José Agricultores rezam e pedem chuva a São José  De acordo com a agricultora Maria do Rosário, o pouco que choveu em 2017 foi o suficiente apenas para desenvolver o fenômeno conhecido como Seca Verde, quando a Caatinga acinzentada fica verde e florida, mas as precipitações não são suficientes para encher os reservatórios. Ela diz ainda que falta água para o consumo humano e que os moradores sobrevivem com o abastecimento por carros-pipa. “Esse ano não choveu quase nada. Algumas pessoas plantaram, mas já estão esperando mais chuva. Além da praga que teve, agora estamos aguardando, depositando a fé, a devoção no padroeiro São José. Que ele mande chuva com abundância para nós agricultores, para ter água para as plantações, para beber e dar comida aos nossos animais”, explica a devota. Crispin Rodrigues diz que plantação de milho e feijão está morrendo  Crispin Rodrigues diz que plantação de milho e feijão está morrendo  O agricultor Crispin Rodrigues de Souza, de 62 anos, plantou milho, feijão, palma e capim. Mas sem água, parte da lavoura está perdida. “Plantei dois sacos de milho. Acho que já morreu a metade. E se a chuva não chegar logo morre é tudo. A situação dos animais também não é boa, porque os pastos não chegaram a criar bem e acaba logo. A gente tem que fazer feira para a gente e para os animais”, conta. É olhando para o céu todo dia e toda hora, ajoelho no chão, rezando e orando. Enquanto há vida, há fé, enquanto há fé, há esperança. Crispin Rodrigues, agricultor Devoto de São José, o agricultor participa todos os anos da procissão acreditando em dias mais prósperos. “Esperando que Deus tenha compaixão de nós, nordestinos e agricultores, para melhorar a situação, porque está ruim. É olhando para o céu todo dia e toda hora, ajoelho no chão, rezando e orando. Enquanto há vida, há fé, enquanto há fé, há esperança”, acredita o agricultor. De longe, ainda onde resta um pouco de água na barragem, o agricultor Carlos Antônio Herculano dos Santos, de 45 anos, observa em silêncio a peregrinação dos fiéis. Há um ano na região, morando com a mulher de 43 anos e com a filha, de 21, ainda não conseguiu emprego porque não há plantação para trabalhar. Sentado próximo ao açude ele tenta pegar algumas piabas para garantir um pouco de alimento para a família. Agricultor tenta pescar em açude quase seco em Dormentes Agricultor tenta pescar em açude quase seco em Dormentes “A água aqui a gente pega da Compesa, mas é contada. O rapaz só liberou dois tambores de 220 litros e não ia liberar mais porque não estava tendo. A cisterna aqui em cima está seca. Tem época que passa de 1 mês e 15 dias para poder encher. Ai em casa a gente paga pipa para pegar água de longe. Quando a gente não tem dinheiro, como eu mesmo estou desempregado, tem que correr para as casas que tem, pede um balde de água a um, a outro para manter a casa", detalha. Apesar de não haver previsão de chuva significativa para o Sertão, o agricultor se apega a fé. "É assim que a gente vive, com a ajuda dos irmãos que tocam o coração deles para não passar fome". “O pessoal está ai rogando pelo santo devoto deles e só com a misericórdia de Deus. Eu creio de todo o meu coração que vem chuva. O senhor está preparando as nuvens dele, todo dia de tardezinha. Na hora certa, quando ele ver que a gente está precisando mesmo, ele vai despejar as bênçãos dele do céu para melhorar a situação de todos nós”, destacou Carlos. Maria de Fátima, mãe de três filhos e grávida do quarto, conta com ajuda dos pais para não passar fome  Maria de Fátima, mãe de três filhos e grávida do quarto, conta com ajuda dos pais para não passar fome Situação de emergência Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE), Dormentes possui uma população superior a 18 mil habitantes. Das 800 famílias cadastradas no Sindicato dos Trabalhadores Rurais da cidade, todas estão sofrendo com a seca e cerca de 70% passam necessidades extremas. Todos na região perderam as lavouras em 2016. A agricultora Maria de Fátima Pereira Barbosa, de 28 anos, é casada, tem três filhos, de 10, 5 e 1 ano e está grávida de 7 meses da quarta criança. Um menino que se chamará Levi. A moradora do Sítio Baixa da Esperança, na Zona Rural de Dormentes, diz que a água de casa, usada apenas para beber e cozinhar vem de uma cisterna, abastecida por carro-pipa. Para garantir o sustento da família, o marido plantou alguns legumes, além de feijão e arroz. Mas como a água da chuva não foi suficiente, a plantação está morrendo. Maria de Fátima garante que seca igual nunca viu. Maria de Fátima se emociona ao falar das dificuldades enfrentadas Maria de Fátima se emociona ao falar das dificuldades enfrentadas  “Essa é a pior. Tudo tem que ser comprado e é caro. Aí tem que agradecer a Deus quando a gente acha dinheiro para comprar um quilo de feijão. Antigamente a gente tirava da roça, podia atravessar um ano tranquilo. Hoje não tira mais. Eu esperava que melhorassem as coisas para nós, principalmente porque precisamos de alimento para os nossos filhos. Tem dias que eles querem e não tem. Isso é doído”, disse emocionada. Para não faltar comida em casa, a agricultora conta com a ajuda dos pais. “Sempre mãe e pai ajudam de alguma forma. Mas mesmo assim nunca deixa de passar necessidade. Sem água fica mais difícil. Me emociono porque isso é coisa de mãe que quer o melhor para os filhos. É muita dificuldade que vem na vida pra gente, mas confiando em Deus, tudo será resolvido”, acredita. Também devota de São José, ela fala que já fez seu pedido ao santo. “Muita chuva para a plantação segurar, para poder dar uma vida melhor aos agricultores. Porque eles vivem disso na roça, plantar e colher. E quando planta e não colhe? Aí fica ruim. Tem que pedir chuva para dar o pouquinho. A gente pede também muita benção dada por Deus e um futuro melhor para eles [filhos], porque é isso que uma mãe deseja para os filhos”. Agricultores estão perdendo plantação por falta de chuva   (Fonte / G1)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google+ Followers