domingo, 26 de fevereiro de 2017

São Paulo: Polícia apura se homem matou mulher e depois cometeu suicídio em bairro nobre

Renata Ferrão era casada com João Ferrão (Foto: Reprodução/Arquivo Pessoal/Facebook)

Caso foi registrado como homicídio e suicídio. Investigação apura motivo do crime ocorrido envolvendo casal no sábado (26) no Itaim Bibi.


A Polícia Civil apura se um homem matou a mulher e depois se suicidou na cobertura do prédio onde morava no Itaim Bibi, bairro nobre da Zona Sul de São Paulo, na tarde de sábado (25). O caso foi registrado como homicídio e suicídio no 14º Distrito Policial (DP), Pinheiros, na Zona Oeste, mas será investigado pelo 15º DP, delegacia da área. Para a Polícia Civil, há indícios de que o empresário João Alberto Ferrão, de 63 anos, baleou e assassinou a mulher, a advogada Renata Vieira de Souza Ferrão, 50, e depois se matou com tiro. O motivo do crime ainda está sendo apurado. Em entrevista neste domingo (26) à reportagem, o radialista Edson Nico Natale, de 59 anos, amigo e vizinho do casal, contou que ficou surpreso com a morte do casal. "Eram casados há 15 anos, não tinham filhos e não demonstravam qualquer problema em público", disse ele, que suspeita que o crime tenha sido passional. "Talvez por causa de algum desgaste do relacionamento".



João e Renata moravam na cobertura do 12º andar do bloco 1 do Condomínio Itaim Podium, na Rua Bandeira Paulista. Segundo policiais ouvidos pela reportagem, foi uma pessoa que conhecia o casal quem acionou a Polícia Militar (PM) para ir até o apartamento. De acordo com a assessoria de imprensa da PM, uma viatura foi ao local depois das 17h de sábado para atender uma ocorrência de homicídio. Mas ao entrar no imóvel, viu dois corpos, o de Renata e o de João. Segundo a GloboNews, a advogada estava no closet e o empresário na piscina. Segundo policiais civis, uma pistola, estava próxima a João, o que levou a investigação a deduzir que ele atirou primeiro na mulher e depois se matou. De qualquer maneira, a arma do crime foi apreendida para ser periciada.

Serão realizados exames para comprovar a versão policial de que o empresário matou a advogada e se suicidou. Segundo policiais, não havia sinais de arrombamento ou de luta no imóvel. O que também reforça a tese de homicídio seguido de suicídio é o fato de policiais militares terem relatado no boletim de ocorrência que encontraram uma carta escrita por João, informando que iria se matar. Segundo a GloboNews, nela, ele deixa orientações de como administrarem a rede de estacionamentos da qual ele diretor executivo.

Prédio onde casal foi encontrado morto no Itaim Bibi, em São Paulo (Foto: Reprodução/Google Maps)
Fonte G1

Fatalidade! Motorista do Samu descobre que filho está morto ao atender acidente no PR

  filho está morto ao atender acidente no PR
Motorista do Samu encontra o filho morto ao atender uma ocorrência de trânsito em Ponta Grossa, na madrugada deste domingo (26) (Foto: Cristiano Barbosa/aRede/Jornal da Manhã)

Rapaz de 21 anos morreu após bater moto contra carro, em Ponta Grossa. PM disse que condutor do automóvel envolvido na colisão estava bêbado.


Um motorista do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de Ponta Grossa, nos Campos Gerais do Paraná, descobriu que o filho estava morto ao atender um acidente de trânsito na Avenida Visconde de Mauá, na madrugada deste domingo (26). De acordo com o Samu, o motorista seguia com a equipe para atender uma vítima após uma batida entre um carro e uma moto. Ao chegar no local, o socorrista descobriu que a vítima era filho dele. O rapaz, que tinha 21 anos, já estava morto quando o Samu chegou para o atendimento. A Polícia Militar (PM) informou que o motorista do carro envolvido no acidente estava bêbado. Ele fez o teste do bafômetro que apontou a presença de 1,16 ml de álcool por litro de ar expelido. Além disso, conforme a PM, o motorista dirigia com a carteira de habilitação suspensa. O homem foi preso por embriaguez ao volante e homicídio culposo. A Justiça arbitrou fiança de R$ 3 mil, mas até as 11h55 deste domingo ele não havia pago o valor e continuava preso.

Motociclista morreu após bater contra carro em avenida de Ponta Grossa, na madrugada deste domingo (26) (Foto: Cristiano Barbosa/aRede/Jornal da Manhã)

Globo afasta Victor, da dupla com Leo, do The Voice Kids; André Marques informou a decisão

  André Marques informou a decisão

Violência contra mulher


A TV Globo através do apresentador André Marques comunicou o afastamento do cantor Victor Chaves do programa The Voice Kids. O pronunciando foi feito no início da edição deste domingo (26), da atração infantil. Confira o comunicado oficial: “Esta semana aconteceu um fato importante envolvendo um dos técnicos aqui do nosso programa. Uma acusação bastante grave de violência doméstica envolvendo o Victor. A Globo repudia toda e qualquer forma de violência e acredita que essa acusação precisa ser apurada com rigor, garantindo o direito de defesa na busca da verdade. O Victor inclusive nos procurou, informando que iria se afastar do programa, para se dedicar totalmente a esse caso”. André seguiu explicando como ficará a dinâmica da disputa, que está em uma das semanas mais aguardadas do público, a fase das “batalhas”. “No entanto, você que acompanha o nosso The Voice Kids sabe que estamos em um momento muito especial da disputa das crianças. Como nosso programa de hoje e o da semana que vem já estavam gravados, em respeito a essas crianças que se esforçaram tanto para chegar até aqui nas Batalhas, decidimos manter o programa como ele foi gravado. O jornalismo da Globo vai acompanhar o desenrolar desse caso, para que você saiba tudo o que está acontecendo”, concluiu o apresentador. Apesar da emissora ter informado sobre a presença do cantor nos próximos programas a edição está "excluindo" o músico, que ainda não apareceu fazendo nenhum comentário sobre as apresentações.

Fatalidades do Carnaval: Descarga elétrica atinge trio, motorista tenta correr e é eletrocutado na Barra

 correr e é eletrocutado na Barra

Descarga elétrica atinge trio, motorista tenta correr e é eletrocutado na Barra - Salvador Bahia!


O motorista do trio que arrasta o bloco Banana Coral recebeu uma descarga elétrica quando tentou sair do veículo na manhã deste domingo (26), na Avenida Sete de Setembro, na Barra, em Salvador. O caso aconteceu em frente ao Hospital Espanhol. De acordo com um leitor do Bocão News que presenciou o ocorrido, houve um curto circuito nos fios de alta tensão em um poste, os quais arrebentaram e caíram sobre o trio elétrico, atingindo a vítima que tenteou sair do veículo. O homem foi socorrido por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para o Hospital Geral do Estado (HGE). O estado de saúde dele é desconhecido. Bocão News


Economia e ganância do sistema financeiro: Bancos não poderão cobrar juros de mercado por atrasos em pagamentos

  atrasos em pagamentos
Economia e ganância do sistema financeiro: Bancos não poderão cobrar juros de mercado por atrasos em pagamentos

A partir de setembro, as instituições financeiras não poderão mais cobrar juros de mercado por atrasos em pagamentos. O Conselho Monetário Nacional (CMN) aprovou resolução que proíbe a cobrança de taxas de mercado. Hoje os bancos podem cobrar multa, juros de mora (juros punitivos por dia de atraso) e juros remuneratórios sobre parcelas em atraso. Em relação aos juros remuneratórios, os bancos tinham a liberdade de fixar a taxa com base nos juros definidos na assinatura do contrato ou nas taxas de mercado, cobrada sobre as novas operações. De acordo com o Banco Central, a nova exigência trará mais uniformidade às operações de crédito e tornará as regras mais claras para os clientes. No atual momento de queda dos juros, no entanto, a nova regra prejudica os clientes porque as taxas de mercado (dos novos contratos) estão mais baixas do que os juros do momento em que o crédito foi tomado. . Agência Brasil

Insegurança em Queimadas Bahia: criminosos roubam moto de idoso depois de fingirem que estavam com carro quebrado no meio de estrada

Imagem ilustração/Youtube

Cidadão sem segurança


Um idoso de 62 anos teve sua moto tomada em um assalto na madrugada deste sábado (25), por volta das 5h50, em Queimadas. O crime ocorreu a cerca de 3 quilômetros da sede do município, na estrada do povoado de Gregório. O agricultor José Nascimento de Jesus, morador do povoado de Lages, disse que se dirigia a feira livre do município quando foi abordado por dois homens armados a bordo de um veículo Gol de cor prata. O idoso contou ainda que chegou a passar pelos criminosos momentos antes, e que os homens estavam com o carro parado na estrada, dando a entender que o automóvel havia quebrado. A vítima disse que seguiu viagem e, mais adiante, foi interceptado pelos bandidos, que anunciaram o assalto e levaram a moto Honda/CG 125 FAN KS, modelo 2012, de cor vermelha e placa OKO-5581, licença de Queimadas, além do dinheiro que estava com ele. O idoso disse ainda que foi xingado de vagabundo pelos assaltantes. Uma guarnição da Polícia Militar foi acionada e faz rondas pela região, mas até o início da tarde deste sábado, os suspeitos ainda não tinham sido localizados. Notícias de Santaluz

Ex-presidente podia ser ministro Aparentemente, STF nunca responderá essa pergunta

  STF nunca responderá essa pergunta
Foto: Wilson Dias/ Agência Brasil

Decisões Monocráticas


O Supremo encerrou 2016 sem responder algo fundamental: Lula podia ser ministro? Aparentemente, o tribunal nunca responderá essa pergunta. A nomeação do ex-presidente Lula foi, para alguns, a última cartada política para salvar o governo Dilma. Para outros, uma manobra para evitar que as denúncias contra ele fossem julgadas pelo juiz Sérgio Moro. Os livros de história talvez registrem a decisiva suspensão de sua nomeação por uma liminar do ministro Gilmar Mendes. 

Os livros de direito constitucional, porém, nunca poderão dizer se a liminar representava ou não o entendimento do Supremo. Com o recebimento da denúncia e o posterior impeachment da presidente Dilma Rousseff, o ato que nomeava Lula ministro-chefe da Casa Civil deixou de existir, e Gilmar Mendes declarou a perda de objeto dos Mandados de Segurança (34.070 e 34.071) que questionavam sua nomeação. Existiam também duas ADPFs (390 e 391), de relatoria do ministro Teori Zavascki, ambas indeferidas liminarmente sob o argumento de, em vista da subsidiariedade, não ser esta a via adequada. 

 A ação que questionava o ato específico perdeu o objeto, a ação que discutia a tese em abstrato foi indeferida por ser subsidiária às ações que perderam o objeto e, com isso, a decisão que impediu a posse de Lula desapareceu do mundo jurídico sem nunca ser discutida pelo plenário do Supremo. Existiu apenas pelo tempo suficiente para gerar seus efeitos, no direito e na política, subsistindo agora apenas na história. O que tornou possível o silêncio do plenário sobre decisão individual tão importante? O Supremo não é inerte, julga aquilo que quer, quando quer, na via processual que der. No caso, esse cálculo deliberado do timing se expressou tanto pela ação individual de Mendes, quanto pelo tratamento que os processos envolvidos receberam pelo plenário. Foi da interação de ambos que se produziu o problemático silêncio institucional. 

 O roteiro já é bem conhecido. Mandados de Segurança e ADPFs são propostas simultaneamente a cada nova crise política, são distribuídas para ministros diferentes, e liminares são concedidas e ações são indeferidas conforme a subjetividade dos relatores. No caso de Lula, como o ato que o nomeou não existe mais, não subsiste a via do mandado de segurança e, como essa existia antes, não cabia ADPF. No caso do afastamento de Eduardo Cunha da presidência da Câmara, pedida em uma cautelar em uma ação penal e em uma ADPF, apesar de concedida a cautelar (e apesar da cassação do mandato de Cunha) subsiste a ADPF para decidir a questão em tese (mesmo que, em concreto, diga respeito agora a situação de Renan Calheiros, que não foi sequer discutida no âmbito da ação penal contra ele). 

 A liminar de Gilmar Mendes, suspendendo a posse de Lula, é prima-irmã das controversas decisões monocráticas do ministro Marco Aurélio, suspendendo Renan Calheiros da presidência do Senado, e do ministro Luiz Fux, devolvendo à Câmara o pacote de medidas anticorrupção. No caso de Mendes, o Supremo deixou a ação perder o objeto sem se pronunciar sobre o caso; no caso de Marco Aurélio, o Supremo se pronunciou imediatamente para cassar a sua liminar; no caso de Fux ninguém sabe quando (ou, se) o plenário se manifestará sobre o caso. Em todos os casos, o problema comum: um ministro dando uma ordem de grande impacto político, sem apoio na jurisprudência do tribunal ou em votos dos demais ministros, diante de um tribunal que se mostra incapaz, ou sem vontade, de se pronunciar coletivamente sobre o tema. 

 No caso da nomeação de Lula, é verdade que Mendes pode ser criticado por ter concedido a ordem, mas a ausência de uma posição coletiva do tribunal naquele momento – e, provavelmente, para sempre – não é apenas sua responsabilidade. Mendes chegou a submeter a liminar à apreciação do plenário. É verdade que isso ocorreu apenas alguns dias depois da Câmara votar a abertura do impeachment. Mas, diante disso, foi o Supremo que optou pelo silêncio. A liminar foi pautada, mas os ministros decidiram que seria melhor julgá-la conjuntamente com as ADPFs sobre o mesmo tema. 

As mesmas ADPFs que posteriormente foram indeferidas liminarmente por falta de adequação, enquanto o impeachment se tornava um fato consumado e o Mandado de Segurança contra a nomeação de Lula perdia o objeto. Entender o funcionamento do Supremo exige mais do que compreender suas decisões. É importante também compreender seus silêncios. Mendes falou mais alto ao suspender a nomeação, mas o silêncio do tribunal que se seguiu é ensurdecedor.

Fonte: Jota.Info/Thomaz Pereira - Professor da FGV Direito Rio 

Orgulho do Brasil! Delegado da Polícia Federal é preso pela própria corporação em operação no Paraná


Com a PF não tem choro, errou vai em cana!


A Polícia Federal deflagrou neste sábado (25), a Operação Corrumpere para desarticular uma organização criminosa composta por um delegado de Polícia Federal de Londrina, um proprietário de uma empresa de segurança privada e outros envolvidos. Cerca de 40 policiais federais cumprem 6 mandados judiciais, sendo 2 de prisão preventiva e 4 de busca e apreensão, todos na cidade no norte paranaense. As ordens judiciais foram expedidas pela Vara Federal Criminal de Londrina. As investigações apontam que o delegado de Polícia Federal solicitou vantagem indevida ao proprietário de uma empresa de segurança privada. Em troca, o policial deixaria de realizar o indiciamento formal do empresário em inquérito policial que apurava sua conduta. Os presos, na medida de suas participações, poderão responder pelos crimes de corrupção passiva, organização criminosa e peculato. Eles serão transferidos para Brasília. A denominação Operação Corrumpere é uma referência ao ato de corromper, “que causa a destruição das instituições públicas, maculando a estrutura de um País, causando em última instância prejuízos incalculáveis à nação”, segundo informou a PF.

Religião: “Morri, fui para o céu e ressuscitei”, diz bispa que ora por milagres

religião

"Para a cura eu uso sal marinho, óleo sagrado, água ungida, óleo de peixe ou leite, se houver um problema que exige tal método", diz bispa fundadora de ministério após ressurreição.


Uma líder da igreja do Zimbábue, Bispo Susan Ziki Dube, afirmou que ela morreu, foi para o céu e foi autorizada a retornar à Terra para espalhar a palavra de Deus e realizar milagres. A fundadora da Holy Baptist Apostolic Church of Christ (Santa Igreja Batista Apostólica de Cristo) da África compartilhou sua experiência, descrevendo o momento em que ela morreu em uma cama de hospital e como sua alma viajou até os portões sagrados e entrou em um lugar chamado o Terceiro Céu. Dube disse ao site Zim News, que seu espírito foi recebido no céu, mas então ela foi enviada de volta para espalhar a palavra de Cristo e ajudar aqueles que precisam.

Ela conta, “O que me fez começar a minha igreja é o fato de que eu morri em um ponto enquanto eu estava no hospital. Antes disso, eu já tinha começado a orar por pessoas aos 19 anos de idade, em minha casa rural de Masvingo, no Zimbábue.” “Como me disseram, enquanto as enfermeiras esperavam que o médico viesse para descobrir o que tinha acontecido comigo, fui para o céu. Quando eu entrei em cada uma dessas camadas do Céu, eu vi anjos e eles me diziam para prosseguir, mas quando eu alcancei o Terceiro Céu, fui recebida por um anjo que me disse para voltar à vida, começar uma igreja, Pregar e curar. As pessoas ficaram confusas quando acordei porque, estava gravemente doente. Mas eu acordei, e comecei a andar ao redor da enfermaria vendo outros pacientes. Até passei três dias falando apenas em línguas.” Ela diz que desde então ela tem ajudado pessoas de vários países, como Grã-Bretanha, Suíça, Nigéria e Alemanha. “Quando telefonam, eu oro por eles. Quando uma pessoa quer um trabalho, mesmo se eles estão em Dubai, eu oro por eles enquanto eles preenchem seus currículos, ou se ele está online, eles tocam na tela do computador. Aqueles que precisam de cidadania ou permissão de trabalho, eu também faço o mesmo. Eventualmente eles telefonam de volta, para testemunhar a benção recebida. ” “Eu tenho uma maneira estrita de realizar os milagres porque, como o anjo instruiu, usamos a Bíblia. Para a cura eu uso sal marinho, óleo sagrado, água ungida, óleo de peixe ou leite, se houver um problema que exige tal método. Mas não usamos pedras. Nossa ênfase é também ensinar as pessoas a ter fé e orar. Eu converso com o anjo através de visões, ou ouço uma voz, ou eu apenas recebo uma revelação durante uma discussão ordinária. “ Portal Padom com informações dailypost

Religião e fanatismo: Pastor desafia fiéis a beber veneno de rato para “mostrar sua fé”

  “mostrar sua fé”
Religião e fanatismo: Pastor desafia fiéis a beber veneno de rato para “mostrar sua fé”

Pastor mistura veneno de rato com água, bebe e dá para fieis beberem para "mostrar sua fé" e o poder de Deus!


Um pastor da África do Sul está sendo duramente criticado por desafiar os fiéis de sua congregação no início deste mês para beberem água com veneno de rato como uma demonstração de sua fé e do poder de Deus.Light Monyeki, pastor da Grace Living Hope Ministries, pediu aos participantes do culto que bebessem água misturada com Rattex , um raticida que pode ser nocivo e pode causar morte aos seres humanos se ingerido. Rattex é um anticoagulante. Uma pessoa que ingerir Rattex poderia sofrer de coagulação sanguínea reduzida que pode levar a hemorragia ea morte. Outros efeitos de Rattex em humanos incluem desidratação, vómitos, náuseas, convulsões, dor abdominal e diarreia.

Monyeki, a quem os fiéis o chamam também de “profeta” e “homem de Deus”, desafiou os efeitos tóxicos do veneno de ratos, dizendo que “a morte não tem poder sobre nós”. “Se aqueles que são viciados em Nyaope, (uma droga, destrutiva contendo veneno de rato, detergentes e heroína, muito usada na África do Sul), pudessem ‘fumar’ Rattex e não ser afetados, o povo de Deus seria muito mais protegido”, disse Monyeki aos fiéis. “Nós não precisamos proclamar a fé porque somos crentes“, disse ele, de acordo com um post no Facebook da Grace Living Hope Ministries. “Se os meninos podem fumar nyope, podem fumar Rattax por mais de 8 anos, quem somos nós? A morte não tem poder sobre nós”. Ele orou e declarou vida para a água e solução de Rattex em uma garrafa. Ele também orou por alimentos e pelos corpos de todos os presentes e declarou cura para os doentes.

Monyeki então bebeu a água envenenada. Ele encorajou os fiéis a “mostrar a sua fé” bebendo da garrafa. “O homem de Deus, o Profeta Luz Monyeki demonstra poder de fé, fazendo com que os congregados bebam Rattax; Veneno mortal para mostrar a sua fé “, o posto de mídia social ler. “Uma multidão de congregados voluntariamente correu para a frente para tomar um pouco da bebida do veneno mortal.” A igreja postou fotos de Monyeki no Facebook segurando a garrafa de solução de veneno de rato enquanto as pessoas bebiam dela. Ele foi amplamente criticado por expor seus congregantes ao perigo. Algumas histórias on-line circularam alegando que algumas pessoas que beberam a água envenenada morreram enquanto outras foram hospitalizadas. O Daily Gossip, por exemplo, disse que 13 dos congregados foram hospitalizados no dia seguinte à ingestão de Rattex e que cinco deles morreram. Grace Living Hope Ministries afirmou que o Daily Mail também publicou tal história. Em resposta a isso, a igreja postou uma mensagem no Facebook dizendo que nenhum dos congregantes que beberam a solução Rattex ficou ferido ou procurado o hospital após a “prova” de fé. “Há um site no Reino Unido (dailymail.co.uk) que está dando às pessoas no Reino Unido informações falsas sobre Grace Living esperança ministérios e o homem de Deus que há pessoas que morreram devido a beber o rato veneno“, o diz post da Igreja. “Tal informação é falsa todos os membros que beberam a água com veneno de rato ainda estão vivos e saudáveis, não houve nem mesmo um deles que foi admitido no hospital”, disse ainda.


Fé e fanatismo: “Jesus não virá outra vez, estou no comando, porque sou Deus”, diz pastor aos fiéis

 diz pastor aos fiéis

"Jesus não está vindo outra vez, eu estou no comando tudo acontece porque eu sou Deus" - diz pastor membros de sua igreja


O controverso fundador de uma igreja no Zimbábuea, o autointitulado pastor Given Dube, de 27 anos de idade, casou indignação depois que ele alegou ser o próprio Deus e que Jesus não está voltando. Dube, que afirmou ser Deus, quer que os africanos não acreditem que Jesus está voltando. De acordo com um jornal, Zimbabwe News, Dube, que é o fundador da Igreja Umuzi ka Nkulunkulu (Casa de Deus) em Pumula Sul, tinha dito aos membros de sua igreja para falar com ele como estivessem falando com Deus, pois o Espírito Santo tinha descendido sobre ele e declarou-lhe Deus.Segundo a publicação o pastor disse aos seus fiéis, que ele é o próprio Deus que fez o céu e a terra e que tem poder sobre toda a criação. Ele acrescentou que a crença de que Jesus está voltando era apenas uma falácia usada por eruditos religiosos para manter as pessoas em perpétuo medo. Em uma entrevista ao Zimbabwe News, Dube diz que tem um Livro Sagrado que seus membros usam como seu guia diário, ele enfatizou ainda suas afirmações dizendo que ele era o anfitrião de Deus na terra. Ele disse:

“Estou sendo usado por um espírito que eu não posso nem ver. Eu só vi isso em uma visão uma vez quando me apareceu pela primeira vez em 2008, quando eu estava em Chipinge para a formação do Serviço Nacional de Juventude. Desde então, o espírito de Deus fala comigo e eu ouço a sua voz e esse espírito me usa. Para que as pessoas acreditem em mim, eu escrevo tudo isso em meu livro sagrado chamado Uluju Lwezulu. Eu sou Deus e não preciso de ninguém para explicar minhas palavras. Eu escrevi este livro e oriento as pessoas em suas vidas diárias. Quando Jesus veio à Terra, nem todas as pessoas o ouviram e ele foi até morto. Agora eu vim, alguns ouviram e eu os guiarei. Eles acreditam nas mentiras que lhes dizem que Jesus está voltando. Eu posso dizer-lhe que ele não está voltando novamente pois os líderes religiosos usam isso para incutir medo nas pessoas. Eu sou Deus e eu planejo. Eu apenas comando e acontece. Você também tem que entender que eu não espero que todos me vejam como seu Deus, mas eles primeiro têm que aceitar a palavra e entender, então somente os membros da igreja me reconhecem como seu Deus. Eu comando, eu posso parar doenças e guerras no mundo ou até mesmo mandá-las acontecer. Esta é uma crença diferente dos cristãos que ainda estão esperando a vinda de Jesus; Já estou aqui.”


No entanto alguns pastores e líderes cristãos naquele país pediram ao governo para impedir que Dube espalhe a falsidade, mas nada foi feito ainda. Portal Padom com informações Pulse

Crise hídrica na Bahia: Decisões precipitadas do governo do PT e da Embasa


Sem tem racionamento, é preciso regulamentar e dar descontos nas contas


Estamos vivendo um dos piores momentos no seme-árido baiano e nordestino. A seca persistente há vários anos, com breves momentos de chuva e logo o retorno do sol escaldante. Todos sabemos que os recursos hídricos são escassos, mas, por isso mesmo que os governos, tanto estadual, quanto federal já deveriam ter tomado uma postura mais séria no combate aos efeitos da seca, já que a seca não tem como ser combatida. Mas, o governo federal do PT que governou até dia desses teve muita grana pra investir em porto em Cuba, pontes na Venezuela, hidrelétrica no Uruguai, em Angola e outros países onde a Odebrecht atuava. Além de encher os bolos de empreiteiros ladrões como estamos vendo agora revelado na Lava Jato. Além de enriquecer caciques dos partidos, como velhos espertalhões do PMDB, PT e outras tranqueiras. Mas, pra investir no Nordeste, sabemos como ocorreu. Bilhões na Trans Nordestina gastos para empreiteiras ficarem mais ricas ou na Transposição, onde o superfaturamento está a olhos vistos. Mas, bacias importantes como a do Itapicuru e do São José, como também a do Itapicuru Mirim ficaram abandonadas todo este tempo. E a escassez não está pior, por causa do belo trabalho de Paulo Souto, que construiu importantes barragens, junto com César Borges. 

Jaques Wagner por exemplo, se perdesse menos tempo babando-ovo do Lula e paparicando a Dilma ou buscando ganhar relógio de milhares de reais, poderia ter focado na ampliação de barragens e construir novas, além de açudes, poços e outras formas de conseguir água. Mas, seu sucessor o incompetente governador da Bahia Rui Costa, viu o clamor do povo do Alecrim que chegou até a fechar a rodovia algumas vezes, nunca cogitou em fazer uma grande barragem no povoado, que até seria muito útil pra auxiliar Queimadas e Santaluz. Além disso, já prometeu incontáveis vezes ampliar a barragem de Ponto Novo e nunca fez! Que lentidão!

Mas, pra fazer showzinhos pirotécnicos e idiotas, alguns órgãos souberam dar passeio de helicóptero agora pra vir quebrar pequenas barragens que pobres agricultores fizeram com muito custo, carregar bombas de produtores rurais e dar uma de "bons gestores". O próprio governador, posando de "bom gestor" veio fazer passeio em nossa região e ser paparicado com selfs com prefeitos, gastando mais recursos públicos. E pior, achando-se o dono da Bahia, pois chegou sem decretar um racionamento com publicidade, ordenou a redução de captação de água, sem sequer dar uma satisfação a população! No Espanta Gado, por exemplo, dizem que o mesmo ordenou soltar água uma vez por semana, sem baixar um decreto, sem notificar Assembléia do Estado, sem notificar Ministério Público e sem publicizar. 

O governador Rui Costa deveria lembrar-se que há leis vigentes no país, que ele não é o dono do estado e por sinal gere muito mal os recursos hídricos da Bahia. Temos direitos humanos e do consumidor vigentes em nosso país. Não basta chegar e dizer que é só pra soltar água uma vez por semana e pronto como se fosse um Faraó. Precisa informar a população, precisa informar as autoridades. Além disso precisa dizer, quanto vai dar de desconto nas contas de água do consumidor, pois ninguém é idiota pra pagar vento ou ficar com sede e dando lucro a Embasa! Gostaríamos muito de saber o que o Ministério Público do Estado da Bahia tem a falar sobre isso. Também o que é que os promotores das cidades atingidas estão fazendo a respeito sobre a péssima gestão da Embasa, que acha que só por ser estatal, pode fazer o que bem entende sem dar satisfação ao consumidor. E as queixas não são só por causa da seca não, pois tem reclamações e protestos por toda Bahia, mesmo onde não está seco como está aqui.

Além do mais é burrice deixar de captar água pra população e deixar ela sumir na areia e secando ao sol. Já enfrentamos secas piores e nunca precisou racionar a este ponto. Mas, a Embasa deixou chegar a um ponto tão critico, que seus gestores não sabem nem raciocinar como deveria sobre a crise. A população precisa saber de fato se tem um racionamento decretado, quais os dias, quais as ruas e como será o abastecimento. Não é apenas abrir a água pra todas as ruas, deixando cair onde puder, com consumidores privilegiados e outros sem água. Todos temos o mesmo direito.

Esperamos que a gestão da Embasa caia em si e organize direito a gestão dos recursos hídricos da nossa região e parem de tomar decisões de supetão e sem caneladas, pra prejudicar a população. Além disso que se lembrem que temos leis vigentes no país, especialmente o governador, deveria saber que não é dono da Bahia, apenas é um gestor provisório e que precisa consultar muitos órgãos pra puder chegar e decretar uma ordem impensada...

Da redação do C7

Alienação fiduciária: Banco pode apreender bem praticamente quitado, decide STJ

  bem praticamente quitado, decide STJ

Para 2ª Seção, teoria do adimplemento substancial não se aplica na alienação fiduciária


Não é aplicável a teoria do adimplemento substancial – que visa impedir o uso desequilibrado do direito de dissolução por parte do credor – em contratos de alienação fiduciária. Foi o que decidiu a 2ª Seção do Superior Tribunal de Justiça (STJ) nesta quarta-feira (22/2). A decisão é inédita no colegiado. O entendimento foi fixado no julgamento do Recurso Especial 1.622.555, do Banco Volkswagen, que tentava fazer a busca e apreensão de um carro financiado em 48 parcelas, das quais quatro não foram pagas. Para a maioria dos ministros, mesmo que 91% da dívida tenha sido paga, a alienação fiduciária é um microssistema que autoriza o credor a ajuizar uma ação de busca e apreensão para recuperação do bem financiado. Pela alienação fiduciária, o bem financiado fica como garantia do banco em caso de inadimplência do consumidor. O caso envolve a compra de um Gol City 1.0, modelo 2010, que foi alienado fiduciariamente pelo Banco Volkswagen. O crédito de R$ 14 mil seria pago em 48 parcelas de R$ 439. Segundo a instituição financeira, o comprador não pagou as quatro últimas prestações – ficando com um débito de R$ 2.052. Foi então que a empresa requereu a busca e apreensão. 

 A alienação fiduciária em garantia transfere ao credor o domínio resolúvel e a posse indireta da coisa móvel alienada, independentemente da tradição efetiva do bem, tornando-se o alienante ou devedor em possuidor direto e depositário com tôdas (sic) as responsabilidades e encargos que lhe incumbem de acordo com a lei civil e penal. É o que diz o Decreto-Lei nº 911, de 1969. Foi com o decreto em mente – e a figura da alienação fiduciária – que a maioria dos ministros da Seção entendeu que, neste caso, não caberia a tese do adimplemento substancial. O relator do processo, ministro Marco Buzzi, até pensava ser adequada. Em longo voto, explicou por que o recurso à busca e apreensão era excessivo. Para ele, já que o devedor havia pagado 91,66% do carro, a cobrança pelo que faltava poderia ser obtida de outra forma. A opção pelo adimplemento substancial, segundo Buzzi, teria a função de preservar a boa-fé da função social do contrato. “Ainda que vendido o bem e quitada a dívida, o desequilíbrio contratual seria muito grande, já que o consumidor ficaria sem o bem e desprovido de quantia suficiente para compra de outro similar”, afirmou o relator. O princípio do adimplemento substancial, embora não previsto de maneira explícita pelo Código de Defesa do Consumidor (CDC), repele a resolução do negócio se o adimplemento foi realizado de modo substancial, ou seja, se a parte inadimplida é pequena em relação ao todo. Voto-vencedor 

 A maioria dos ministros, porém, não seguiu o voto do relator. O caminho percorrido pela divergência inaugurada pelo ministro Marco Aurélio Bellizze, que apresentou longo voto, diz que é legítimo o direito do credor, em contrato de alienação fiduciária, se valer da busca e apreensão. “O Decreto-Lei não tece qualquer restrição à busca e apreensão para sanar a integralidade da dívida. Portanto, é insuficiente que se pague apenas substancialmente o débito”, argumentou. É que, segundo o artigo 3º do decreto, o proprietário fiduciário ou credor poderá, “desde que comprovada a mora, na forma estabelecida pelo § 2o do art. 2o, ou o inadimplemento, requerer contra o devedor ou terceiro a busca e apreensão do bem alienado fiduciariamente, a qual será concedida liminarmente, podendo ser apreciada em plantão judiciário”. “Por mais que pareça brusco, é exatamente esta possibilidade que o sistema jurídico dá para que o credor rapidamente possa reaver o bem e quitar a dívida”, apontou Belize. Para o ministro, uma decisão contrária a essa vai contra o consumidor – já que prejudicaria todo o sistema de financiamento que pressupõe esta garantia quando se trata de alienação fiduciária. A partir do voto divergente, o placar do julgamento ficou em 6 x 2: seis ministros que votaram pela não admissibilidade do adimplemento substancial nos contratos de alienação fiduciária, contra dois que entendem ser possível esta possibilidade. 

 Ao se manifestar, a ministra Nancy Andrighi frisou que seu voto – por dar provimento ao recurso da Volks – se dava pela forma como a situação foi posta pelo tribunal de origem, negando seguimento à ação. O tribunal mineiro, lembrou a ministra, deu negativa de trâmite para busca e apreensão e “este ato ofende o acesso ao Judiciário”. Para Andrighi, a hipótese contrária ao adimplemento substancial deve ser aceita por estar dentro do Decreto-Lei, que trata do microssistema da alienação fiduciária. “Porém, eu penso que em outro momento, em outro quadro fático, nós nos depararemos com a possibilidade da aplicação da teoria sustentada pelo ministro Buzzi”, ponderou. Desta forma, a maioria da Seção votou por dar provimento ao recurso especial interposto pelo Banco Volkswagen.

Fonte:jota.info/justica/ 

Corrida espacial: Trump pede que Nasa estude colocar tripulação em voo de estreia de foguete

O presidente dos EUA, Donald Trump, em entrevista à Reuters (Foto: Jonathan Ernst/Reuters)

É o 1º passo do presidente dos EUA na elaboração de uma visão para a agência espacial.


O governo Trump orientou que a Nasa estude se é viável ter astronautas no voo de estreia do foguete para carga pesada da agência, uma missão atualmente planejada para não ser tripulada e cuja meta para lançamento é o fim de 2018, afirmaram autoridades nesta sexta-feira (24). O estudo representa o primeiro passo do presidente Donald Trump na elaboração de uma visão para a agência espacial. Sob o governo do ex-presidente Barack Obama, a agência espacial norte-americana trabalhava no foguete Space Launch System para carga pesada e na cápsula Orion para ir até o espaço distante, com o objetivo de enviar astronautas para um encontro com um asteroide em meados de 2020 e depois para uma expedição humana a Marte nos anos 2030. O pedido do estudo pelo novo governo ajusta esse plano ao explorar a possibilidade de haver uma tripulação num voo de teste mais cedo, e talvez preparando um retorno do homem à lua.

Imagem de vídeo feito pela Nasa mostra astronautra americano Shane Kimbrough (esq.) e astronauta francês Thomas Pesquet em caminhada espacial (Foto: NASA via AP)


As autoridades da Nasa disseram que elas não estão se sentindo obrigadas a fazer a missão de teste com tripulação a bordo, disse Bill Gerstenmaier, chefe de voos espaciais com humanos da Nasa, à imprensa. "Não há pressão para fazer isso", afirmou. "Acho encorajador termos sido requisitados para fazer esse estudo de viabilidade." A expectativa é que o estudo leve cerca de um mês. Engenheiros estão avaliando mudanças de equipamentos, prazos, custos adicionais e os riscos de voar com uma tripulação de dois integrantes no primeiro voo do foguete Space Launch System, que é cerca de 4 vezes maior e mais poderoso do que o atual propulsor dos EUA.

Sexo e religião: Alexandre Senna o ex-pastor que virou ator pornô ou ex-ator que virou pastor?

  vira ator pornô

Ele se converteu 


Alexandre Senna como é conhecido, deixa o perfil de pastor, onde usava paletó e gravata, tornou-se ator pornô gay. Noticiaram que Alexandre chegou a alegar que essa "nova profissão" é mais rentável que a anterior. Alexandre não nasceu em berço evangélico e antes de ser pastor, o mesmo ganhava a vida como dançarino de boate, quando conheceu sua atual esposa, Alexandre Senna passou a ter constrangimentos com suas atuações como dançarino, em meio a tantas investidas da esposa para que ele mudasse de vida, foi ai que Alexandre se converteu. O ator é pai de dois filhos e não esperou pelas bençãos que deveriam vir do alto, e assim depois de muitos convites para fazer filmes adultos (pornô), Alexandre aceita e sai do altar da igreja e vai para as camêras dos filmes pornô gay. Alexandre disse que prefere fazer filmes pornô gay, alegando que deixava sua esposa com menos ciúmes. O ator garante que é hétero, e mesmo assim muitas vezes faz o papel de passivo nos seus filmes. Palavra do blog: "isso é uma confirmação de que muitos não querem viver das benécias de Deus e esperar n'Ele, porque esperar doi, paga juros e causa constrangimento, porém o nosso Deus, ele usa os tolos para confundir os sábios."





Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google+ Followers