sábado, 25 de fevereiro de 2017

Falta de água: Será que a Embasa vai fazer racionamento, sem esclarecer a população?


Não é possível que façam racionamento no Espanta Gado, sem esclarecer o consumidor!


A Embasa é uma estatal (infelizmente, pois já deveriam ter privatizado essa lerdeza de empresa), mas, ela tem que cumprir da mesma forma os padrões referentes a direitos humanos, direitos do consumidor e leis de recursos hídricos. E mesmo numa crise de estiagem como essa (que todos sabemos que ela também é culpada, pois não geri corretamente a gestão de saneamento como deveria), ela não pode chegar numa localidade e fazer racionamento, sem baixar edital de esclarecimento, sem anunciar a comunidade os motivos e dizer claramente, quais os dias que cairá água pra cada rua. Não existe rua privilegiada, só porque fulano ou sicrano mora naquela rua - todo consumidor tem direito igual! O garante da Embasa não é um deus com um rei na barriga que chega numa localidade e decreta algo sem se importar com o bem estar da população. A ANA, agência nacional de águas e o direito do consumidor deixa muito claro isso. Vamos ver até quando a insensibilidade e desorganização da Embasa vai imperar em nossa região.... Racionamento sem avisar, como está ocorrendo no Espanta Gado, não é exclusivamente por causa da seca não e sim por má gestão. Pois a semana toda, vimos notícias do povo revoltando em diversas cidades da Bahia. Além do mais não bombear a água pra comunidade e deixar ela sumir na área ou secar ao vento e no sol, é uma coisa muito lamentável. Mesmo na crise hídrica de São Paulo, ninguém ficou sem água por muito tempo e as leis de economia de água eram muito bem esclarecidas... chega de inoperância da Embasa... E ainda tivemos que ver o governador fraco da Bahia, posando de bom gestar, gastando dinheiro público pra passear de helicóptero, quando ele sabe da seca há anos. Dezenas de vezes já prometeu ampliar a barragem de Ponto Novo e nunca fez! Incompetência total. A Embasa, só serve pra colocar apadrinhados do PT. Uma hora dessas, eles estão lá pulando no carnaval e bebendo água de qualidade, quanto nós aqui estamos sem água... A Embasa nunca foi mãl gerenciada como agora, na gestão Rui Costa e do incompetente, presidente da Embasa Rogério Cedraz, mais um apadrinhado do PT!


Embasa - pouca água e contas caras


Esperamos que a comissão de recursos hídricos e todas as comissões responsáveis pela água em nosso estado, inclusive OAB, Assembléia do Estado e Oposição, além de Ministério Público, acompanhem a gestão da Embasa e fiscalizem todas as decisões, pois até aqui, estamos vendo que só estão visando obras emergenciais, sem nenhum plano permanente à vista... Precisamos de uma grande barragem no povoado de  Alecrim, o que seria importantíssima para as cidades de Queimadas e Santaluz também, assim como ampliar diversas barragens, como por exemplo a do Espanta Gado. E como vimos no Petrolão e em diversas obras denunciadas pela PF e MPF, o que nunca faltou foi recurso e sim vontade dos governantes...

Da redação do C7

Sexo e diversão: 'Sarau Erótico' de carnaval em centro acadêmico da USP gera polêmica

  centro acadêmico da USP gera polêmica
Cartaz de sarau que seria realizado no Centro Acadêmico da Esalq (Foto: Reprodução Facebook/Casvi)

Parte dos estudantes do campus de Piracicaba reclamou, segundo o Calq.
Evento foi transferido para área da Prefeitura que diz: 'não é pornográfico'.



O "Sarau Erótico" de carnaval, realizado por artistas de Piracicaba (SP) e que deveria ocorrer no centro acadêmico da USP na cidade, causou polêmica entre estudantes da instituição. A quarta edição do evento é alvo de boicote de universitários, segundo Anselmo de Figueiredo, que é um dos organizadores da atividade e presidente da ONG Casvi. Marcado para ocorrer neste sábado (25) e na próxima segunda-feira (27), o sarau inclui leitura de contos eróticos, performances e apresentações musicais. Inicialmente, aconteceria Centro Acadêmico - Luiz de Queiroz (Calq). No entanto, após reclamações de alunos junto a direção da USP, os organizadores decidiram mudar o evento para o Engenho Central. 'Mancharia o nome' Segundo o Anselmo, devido ao nome do evento, alguns estudantes alegaram que a realização no centro acadêmico "mancharia o nome da instituição". Por meio de nota, o Calq criticou a postura de parte dos alunos da universidade contrária a realização da atividade no local.

“Houve muitas reclamações em relação ao tema do evento. Reclamações que não se restringiram a críticas, mas resultaram em insultos, difamação e até mesmo ameaças”, diz um trecho da nota. O comunicado ainda defende o evento, pois ele promove o debate. “Atual gestão do Calq vê como imprescindível a discussão da sexualidade e seus tabus no meio universitário e enxergou no evento uma boa oportunidade para tal. Trata-se de um espaço para vivenciar e debater através da arte”. Autorização - Após as reclamações de parte dos alunos da USP, os organizadores resolveram mudar o local do evento, já que a Secretaria de Ação Cultural autorizou a realização do sarau no Engenho Central, uma área administrada pela Prefeitura. A assessoria de imprensa da administração municipal confirmou a realização do evento no Engenho a partir das 22h deste sábado. O governo informou ainda que receberá a quarta edição do sarau porque "o erótico não tem nada a ver com pornográfico" e porque a atração reúne apresentações artísticas relacionadas ao tema.

Raíssa Machado, a Rainha gostosa da Viradouro mostra corpão e diz: 'Perco até 2 quilos na Avenida'

  'Perco até 2 quilos na Avenida'

Vida de rainha não é fácil. Antes da folia, perder peso para ficar bonita na Avenida. Durante o carnaval cuidar para não perder tantas medidas por causa da correria. Essa é a rotina de Raíssa Machado, rainha de bateria da Unidos do Viradouro, que mostrou um pouco de sua preparação para desfilar. "Malho o ano todo, mas quatro meses antes do desfile, intensifico os treinos para pegar mais massa muscular e condicionamento físico. Em novembro estava com 81kg. Hoje estou pesando 75. Quero manter este peso com volume muscular e sem retenção de água. Apenas massa magra", contou ela que mede 1,75m e tem 109cm de bumbum. Para manter esse corpão em dia, Raíssa faz um treo específico de hipertrofia, aumento tônus muscular, exercícios aeróbicos como remo, escada, esteira com inclinação. A Alimentação também sofre alteração com muita clara de ovo e batata doce. Mas no dia do desfile, ela muda a rotina para aguentar o pique.



Sem loucuras pela beleza "No dia ingiro carboidrato, proteínas e água. Acho que vai rolar até um chocolate (esse é meu ponto fraco). Após o desfile farei refeição livre. Perco até uns 2kg durante o trajeto de 700 metros da Sapucaí, então vou me liberar para comer o que der vontade(risos)", diz ela que não liga para um possível clique ruim do bumbum balançando. "Não me preocupo nem um pouco.Claro que ralamos muito pra ficar com Corpo bonito, mas é natural balançar. Acho que as pessoas estão indo muito além na busca pela perfeição, ter um corpo sem celulite, isso é quase impossível. Prezo pela Beleza, sim, mas não ultrapasso meus limites. Sei até onde posso ir, até onde meu corpo aguenta, afinal de contas, sou mãe, não posso estrapolar, existe uma pequenina que depende de mim. Então prezo muito por minha Saúde em primeiro lugar", disse.



Raíssa Machado (Fotos: Divulgação/Hiperativo Produções)

Gostosa! Veridiana Freitas fala da dieta: 'Jejum intermitente! Cheguei a passar mal'


Tudo pela beleza


Veridiana Freitas está focadíssima na perda dos seis quilos que pretende eliminar até amanhã, sábado, 25, quando desfilará como rainha de bateria da Acadêmicos da Rocinha. Para isso, a modelo iniciou há 7 dias a dieta hCG, que injeta o hormônio da gravidez no corpo. Desde então, Veridiana disse que já conseguiu perder quatro quilos. "Estou na dieta do jejum intermitente e já cheguei a passar mal. No domingo, 26, quero ir a uma churrascaria e comer tudo a que tenho direito!", disse ela. Veridiana contou que está nervosíssima com sua estreia no carnaval carioca. Para tentar se acalmar, prefere ficar sozinha. "Vou deixar essa sexta-feira para mim, para me concentrar. Meu Carnaval começa amanhã nos desfiles, é minha primeira vez e estou muito nervosa". A modelo começou a dieta no dia seguinte a troca de farpas entre ela e Nicole Bahls. Na discussão virtual, Nicole a chamou de gorda: "Eu a vi de longe e achei que era uma mesa de doce de tão gorda...". No entanto, Veri garantiu na semana passada que o motivo dela fazer a dieta já era antiga e não tem nada a ver com a briga entre ela e Nicole. "Já tinha marcado consulta com esse médico, que é superdisputado e não mora no Rio, vem aqui de vez em quando. Não estou emagrecendo por causa da briga com a Nicole, não, nada a ver. A lipo que fiz não adiantou nada porque adoro doce e sou muito ansiosa. Além do mais, por causa das muitas químicas que tomei para emagrecer ao longo da vida, tive problema hormonal que contribuiu para não me fazer perder peso", explicou ela.


Veridiana Freitas (Fotos: Davi Borges / Divulgação)

Seca desesperadora na Bahia! Euclides da Cunha, Itiúba e mais cinco cidades baianas decretam estado de emergência por conta da estiagem

  estado de emergência por conta da seca
Seca desesperadora na Bahia! Euclides da Cunha, Itiúba e mais cinco cidades baianas decretam estado de emergência por conta da seca

Estiagem prolongada, desespera os agricultores e população da cidade


O Ministério da Integração Nacional reconheceu na última quinta-feira (23) o estado de emergência em sete cidades baianas por conta da seca e da estiagem. Euclides da Cunha, Itiúba, Caldeirão Grande, Jaguaquara, Macururé, Ruy Barbosa e Tucano poderão ter acesso às ações de socorro e assistência à população, restabelecimento de serviços essenciais e recuperação de áreas danificadas. Além dos municípios baianos, outras cidades dos estados de Minas Gerais, Sergipe e São Paulo também tiveram a situação de emergência reconhecida. A medida contempla os locais que foram afetados por chuvas intensas e longos períodos de seca e estiagem.

Sexo oral no BBB17: “Goza na minha boca”, foi o pedido de Emilly a Marcos, bomba nas redes sociais


A noite do casal Marcos e Emilly foi bastante agitada na casa do Big Brother Brasil nesta sexta-feira (24). Depois de vencer a prova do líder ao lado de Daniel, a moça teve uma discussão com Marcos, afirmando que ele não estava lhe dando atenção suficiente. Logo depois o casal fez as pazes e as coisas entre eles começaram a esquentar. Debaixo do edredom, os dois trocaram carícias e suspiraram forte. Eles chegaram a tentar disfarçar as conversas no microfone. “Goza na minha boca”, chega a dizer Emilly para Marcos.



Nas redes sociais o clima entre os dois virou um dos assuntos mais comentados. Alguns criticaram a jovem, já que horas antes Emilly havia falado para Marcos que não faria sexo dentro da casa. “Emilly passava o dia falando que tinha medo/nojo do Marcos e agora “goza na minha boca”, escreveu uma seguidora. “A Emily acabou de falar “goza na minha boca” que nível, né! Tomara que o pai dela não esteja assistindo! Coitado!”, postou outro. Mas também teve gente que saiu em defesa da participante. “Emilly ganhou pontos comigo! Faz o que tem vontade sexualmente. E vc que reclamou do “goza na minha boca”, vai transar”, defendeu um seguidor.




Neste domingo (26) um novo paredão será formado na casa. Veja o momento íntimo do casal:

Violência contra mulher: Poliana Bagatini, esposa de Victor, da dupla com Léo, registra queixa de agressão contra cantor

  registra queixa de agressão contra cantor
Mulher de Victor, da dupla Victor & Léo, faz queixa de agressão contra ele

Polêmica no mundo dos famosos - Segundo a polícia, Poliana Chaves, de 29 anos, que está grávida do cantor, foi jogada ao chão e agredida com chutes. Assessoria de Victor disse que ele está em viagem e não conseguiu contato com o cantor.


Bomba! Esposa do cantor Victor Chaves Zapala, da dupla com Léo, registrou na manhã desta sexta-feira (24) uma queixa contra o sertanejo por agressão. Grávida da segunda filha do casal, Poliana Bagatini, prestou queixa na Delegacia da Mulher, em Belo Horizonte, Minas Gerais, afirmando que o músico teria a jogado no chão e chutado a sua barriga diversas vezes. De acordo com o boletim de ocorrência divulgado nesta manhã, Poliana disse ter sido violentada por motivos fúteis pelo músico. A mãe de Maria Victória, de pouco mais de um ano, ainda afirmou que após a agressão, ela foi impedida de deixar o local por um segurança do cantor e apresentador do ‘The Voice Kids’. Ainda de acordo com informações no boletim de ocorrência, Paloma só conseguiu deixar o local após receber ajuda de uma vizinha que escutou toda a confusão e que após deixar o apartamento ainda recebeu ameaças da irmã do cantor.”No momento da confecção desta ocorrência, a vítima informa que estava recebendo ameaças por parte da irmã do autor por mensagens eletrônicas”, informa o boletim. O caso teria ocorrido no apartamento do casal, no bairro de Luxemburgo, centro-sul de Belo Horizonte. Victor ainda não se manifestou sobre o caso.

Seca na Bahia: Rui visita obra que vai levar água de Camandaroba para Queimadas e Santaluz e anuncia 17 milhões para a recuperação de trecho da BA-120


A Bahia precisa mais que obras emergenciais!


As cidades baianas de Queimadas e Santaluz, localizadas na região do Sisal, recebem obras emergenciais para regularizar o abastecimento de água para os mais de 50 mil moradores dos dois municípios. Nesta sexta-feira (24), o governador Rui Costa esteve em Queimadas e vistoriou as intervenções que estão sendo realizadas após os municípios decretarem estado de emergência por conta da seca. Uma estrutura alternativa de captação e uma nova adutora estão sendo implantadas para recuperar a distribuição de água tratada nas localidades. As obras da nova adutora para o Sistema Integrado de Abastecimento de Água (SIAA) Queimadas/Santaluz têm investimento de R$ 3,4 milhões e já apresentam 75% de avanço. Após conferir de perto o andamento dos trabalhos, o governador enfatizou a importância da rapidez na obra. “Em um momento como esse de escassez, a água para o consumo humano não pode faltar, e essa é a prioridade. Por isso a realização desta obra emergencial, que vai resolver o problema e as cidades terão dois sistemas alternados. Estamos vivendo há sete anos com níveis de chuva muito baixos. É uma seca rigorosa no Nordeste e neste momento cada um também tem que dar sua contribuição economizando água”, ressaltou Rui. O gerente de operações da Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) na região norte, Raimundo Neto, explica que com a conclusão da nova adutora, com cerca de 9,5 quilômetros, prevista para março, as cidades poderão sair do racionamento ocasionado pelo baixo nível de água na Barragem da Leste, que era, até então, a principal fonte de água do sistema integrado. “Teremos uma condição mais segura. Queimadas e Santaluz além de contar com o Rio Itapicuru, caso volte o volume de chuvas, com essa obra passará a contar com outro abastecimento através do Açude do Jacurici”, explicou Neto.

Mais desenvolvimento 

Além de visitar as obras de abastecimento de água, Rui Costa também autorizou a Secretaria de Infraestrutura do Estado (Seinfra) a lançar o edital de licitação para recuperar 42 quilômetros da BA-120, no trecho entre Queimadas e Santaluz. Serão R$ 17 milhões aplicados beneficiando também municípios próximos como Cansanção, São Domingos e Nordestina. Após a licitação que vai definir a empresa executora as obras de pavimentação tem início previsto para maio deste ano. Quem trafega diariamente pelo trecho, como o motorista Paulo Roberto, fala com propriedade da importância da intervenção. “Realmente a estrada está péssima e precisando dessa obra. Do jeito que está a gente corre o risco estourar um pneu, quebrar o amortecedor e tentando desviar dos buracos até pode causar um acidente. Tomara que essa melhora chegue logo”, torce o morador de Queimadas. - Fonte: Portal de Notícias

Comentário: A Bahia sempre enfrentou e sempre vai enfrentar, mas, o governo do PT, só fala em obras emergenciais! Não vemos nenhum plano pra que sejam construídas obras permanentes de combate ou conivência com a seca! É estranho que ninguém fala em construir uma grande barragem nos povoados de Alecrim e de Abobreira, não falam em construir uma grande barragem em Queimadas e já prometeram dezenas de vezes, inclusive este governador (Rui Costa) de ampliar a barragem de Ponto Novo e nunca faz nada! É um descaso total. E a Embasa fica só fazendo pirotecnias e uma gestão ridícula, sem cumprir o seu papel. E pra piorar nenhum dos órgãos responsáveis de fiscalizar ou revitalizar os rios Itapicuru Açú, Mirim e São José, nada fazem... Deixaram destruir toda a caatinga, matas ciliares e deixaram aterrar todos os rios...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Minha lista de blogs

Google+ Followers